segunda-feira, janeiro 24, 2011

Presentes Pelo Chão

Que belo presente, esse momento sublime, único, que me leva ás alturas, mostrando todo o poder da criação num único instante, onde a minha alma radiante emite sorrisos que se refletem no corpo e se propaga para todo mundo. Ali, sentindo toda a extensão da união com o universo, recordo quem sou, não tenho mais dúvidas, só resta a certeza absoluta de que sou filho do Dono da Criação; e diante de tal imensidão, prometo que dali em diante, eu...eu o quê mesmo?

Esqueci!

Qual será mesmo a graça dessa ironia? Vivenciamos certos momentos que parecem ser inesquecíveis, mas só parecem; pois tão logo esse momento passa, o milagre se torna vulgar, o comum toma de conta, e a gente nem mais se lembra do que era tão importante para a nossa jornada.

Há pessoas que passam a vida toda, procurando esses momentos, um intante de epifania, que possa iluminar a sua vida, lhe tirando do lago da inércia. Porém, quando essas pessoas finalmente encontram o que procuravam, o tesouro vira ouro de tolo; o que demonstra que é preciso um selecionar, pois nem todos estão preparados para adentrar esse rio de mistério e desembocar na cachoeira da vida cotidiana com essas lições que não deveriam ser esquecidas.

Se esquecemos facilmente algo que foi extraordinário, talvez esse algo não tenha sido realmente o que pensamos que ele foi; ou somos mesmo, bichos estranhos, que choram pedindo tanto, e depois deixam os presentes caídos pelo chão.

Nenhum comentário:

Ocorreu um erro neste gadget

AmazingCounters.com
Overtons Marine Supply