sábado, setembro 02, 2017

Sobre Ejaculações e Injustiça

 

 


Essa tarde quase entrei numa briga ao ouvir um grupo de homens no metro fazendo piadas em relação ao caso recente de " estupro de uma mulher num transporte público". Falei um monte e quase apanhei, mas um insight apareceu, pois percebi que muitos desses tarados surgem da conivência e graça que alguns grupos de homens possuem com esse assunto. ISSO NÃO TEM GRAÇA!!! 


Por isso, venho em público, pedir desculpas a todas as mulheres, amigas, leitoras, em nome desses homens. Desculpas por todas as sacanagens, cafajetices,  violências mentais, emocionais ou físicas; mas peço desculpas, principalmente por todas as ejaculações desses homens podres que usam o transporte público para propagar suas atitudes doentias e todos aqueles que os aplaudem. Esses homens não nos representam, caras mulheres, eles não representam sequer a raça humana. 


Peço desculpas por esse imbecil que pela enésima vez cometeu um ato bárbaro contra uma mulher num ônibus; porém, não foi a ejaculação dele que nos estuprou a todos - e sim a ejaculação da justiça que permitiu esse demônio sair livre e continuar a agir. Peço desculpas pela ejaculação coletiva dessas rodas de bate-papo que fazem desses crimes - objeto de piada!!!


Mas, não vim até aqui, dizer o óbvio; todos já estão ofendidos, revoltados e com um gosto de injustiça sem igual em seus corpos e mentes ; esse texto é só para declarar que essa horda de imbecis ( tanto os que fazem essa merda quanto os que soltam e os que fazem piadinhas com ela ) continuarão por aí, mas vocês, mulheres, não estão sozinhas. ESTAMOS COM VOCÊs! 


Essa luta é dos homens também, de todos os homens decentes - pais, filhos, amigos, irmãos, homens de bem que não podem se calar diante desses assédios diários. Todos os dias isso ocorre no Brasil; todos os dias isso se propaga. Por isso, essa discussão precisa ser diária e não motivo de piada!!!  


Somos todos um só! Pois antes de sermos homens e/ou mulheres, somos humanos e juntos podemos equilibrar um pouco essa luta bizarra. A melhor luta é a educação e isso precisa ocorrer principalmente entre os homens, nas rodas de conversa, nos bares, nas garagens -  que entre uma cerveja e o futebol, possamos, como homens, não aceitar piadinhas sobre esse assunto, e que se outro maníaco, como esse cara, estiver entre nós, que ele saiba que sua doença não será aceita, elogiada ou sustentada. Tolerância ZERO com esses tarados!!! Chega de piadas e encorajamentos, hora de sermos menos macho idiota e mais homem humano. 


Compartilhe essa mensagem com seus amigos homens, precisamos ter mais caras discutindo isso em casa, ensinando aos seus filhos e amigos que esse mundo precisa se tornar um lugar melhor, e que se um de nós cair nessa tentação de achar que vai escapar depois de um ato assim;  que toda a nação Brasileira se levante e mostre que NÃO!!!! 


Mulheres: essa luta não vai se calar, pois é de todos nós!!! 


Homens: Chega de piadas sobre isso! Tolerância Zero!!!


#toleranciazero

sexta-feira, setembro 01, 2017

AMITABHA, O PARAÍSO NO PEITO


No meio de uma meditação, ouvi uma voz interior me pedindo que visualizasse um Buda no meu coração. Como sou um péssimo visualizador, esforcei-me ao máximo para imaginar o sujeito na posição de lótus irradiando paz, mas tudo o que consegui ver foi um sorriso gigante bem no meio do meu peito.

Tentei mudar o que via, mas quanto mais tentava, mas o sorriso parecia ficar nítido. Pedi desculpa a voz, e segui mergulhado naquela imagem, e comecei a perceber que ela parecia balbuciar alguma palavra. Segui mergulhado no sorriso e comecei a ouvir um som interior:

AMITABHAYA! AMITABHAYA! *
E a voz se repetia, continuando a pronunciar aquele nome e me convidando a repeti-lo também. Comecei a repetir mentalmente "Amitabhaya", e fui tomado por uma sensação de paz e tranqüilidade tão grande, que uma hora se passou em segundos.

A cada repetição, eu mergulhava cada vez mais numa quietude e tranqüilidade impressionantes. Então, passei a ouvir aquela voz novamente:

"Como já é de seu conhecimento, céu e inferno são portáteis, pois são estados de consciência internos. Você carrega dentro de si mesmo o seu céu ou o seu inferno por toda a sua jornada na terra.

Estamos sempre tão mergulhados em nossos dramas do dia-a-dia, que vivemos no inferno do estresse e do cansaço mental, no purgatório da dúvida e do sofrimento. E às vezes, o paraíso está esperando-lhe com as portas abertas, basta apenas uma mudança de atitude para percebê-lo dentro de você mesmo.

Retorne e conte aos seus amigos, que naqueles momentos de aflição e mergulho profundo no inferno da mente humana, que eles lembrem-se de que nos seus corações também mora o paraíso. Ele se chama ´AMITABHAYA´.

Basta cantar o seu nome algumas vezes, e qualquer pessoa levantará o véu do esquecimento e descobrirá o paraíso que cada ser carrega no peito."

O meu relógio foi tocando e fui voltando, meio a contragosto. Era o meu horário de almoço e tinha que voltar ao trabalho, mas aquele mantra ficou no meu coração por todo o dia.

"OM AMITABHAYA NAMAH" para todos!

AmazingCounters.com
Overtons Marine Supply