quinta-feira, janeiro 13, 2011

O CAMINHO DOS FRACOS

Demorei para chegar, mas quando eu já estava me aproximando; vi ele voltando, e não parecia feliz. Com certo receio de não estar no caminho direito; perguntei a ele por que voltava:

- O preço é muito alto! Não estou disposto a pagar tanto!

- Mas você caminhou até aqui! Não foi por isso que você participou de tanta palestra, leu todos aqueles livros, fez todas aquelas práticas? Todos temos que subir, uma hora o outra...

- Sim! Mas quanto mais você se aproxima de cima, mais claro vai ficando as razões pelas quais você demorou tanto para chegar lá, e à medida que você vai reconhecendo as suas falhas e percebendo que precisa mudar tudo aquilo que você sempre teimou em manter, nos damos conta que é muito mais fácil voltar e esquecer todo esse caminho. A "ignorância é uma benção" já diziam os sábios.

Um comentário:

leodip disse...

Ontem mesmo estava conversando com minha esposa: as vezes nos precebemos em um dilema em que, de um lado reconhecemos algo que "nos faria bem", algo que, se trabalhássemos aquilo, seríamos melhores. De outro existe a nossa personalidade já formada, aquilo que nos sentimos mais a vontade, e mais naturais.

Não é fácil mudar, mesmo reconhecendo algo que lhe faria bem, mesmo visualizando o caminho teórico. Porque nem sempre temos vontade de ir contra aquilo que já somos hoje, de ralar em exercícios novos, de errar mais do que a média.

É preciso coragem. Caminhos de mudança são cheios de tropeços.

Ocorreu um erro neste gadget

AmazingCounters.com
Overtons Marine Supply