sexta-feira, outubro 10, 2014

Nova Semente





















Agora é o tempo da criança
Então, dança mamãe
Canta papai
A canção da mudança;

Recebe
E agradece esse presente
Não deixe que o milagre
Se transforme em coisa vão;

Semente,
Deixe nascer a esperança
Que essa criança
Trará à Terra
O Sol da nova aventurança;

E instrua
Esse novo ser
Com a luz da sua caminhada
Para que ela possa
Encontrar sua própria jornada
Nessa morada
Chamada existência.

sexta-feira, outubro 03, 2014

O sexo e o Amor

O Sexo só é pecado quando o deixamos inacabado

O Amor só é imperfeito quando amamos mais o outro do que a gente mesmo.

quinta-feira, outubro 02, 2014

A árvore de nossas relações

Unidos formamos a árvore das nossas relações. Que os frutos sejam sempre a paz, a criatividade, o amor, a amizade e a arte.

Imagem: Romam Shatsky
Ballet Sakartvello

quarta-feira, outubro 01, 2014

Sua chance - Aquele instante

Existe um instante preciso quando todos os mundos estão alinhados e uma operação pode ter inicio. Hesitar pode significar perder esse instante para sempre e com ele - o que poderia ter se tornado possível. 

E. K

terça-feira, setembro 30, 2014

Êh Correio da má-noticia!

Vai, comenta
Satisfaz essa vontade de falar mal...
Vai, escreve
Sente o prazer de ser mais uma voz na multidão.
Mas pensa
Da onde vem essa vontade de ser mais um mensageiro do Correio da Má-notícia?
E medita 
Quanta gente vai continuar repetindo o que você chama de sua opinião?

segunda-feira, setembro 29, 2014

A vida não é colorida, É colorível!

" A vida nada é até ser vivida. Mas cabe-te a ti dar-lhe um sentido, e esse sentido nada mais é do que o sentido que lhe dás"

Jean-Paul Sartre

sexta-feira, setembro 26, 2014

Anjo da Dor

E disse Deus a Dor: vai, Anjo Sem El, desce a Terra para lembrar aos homens das limitações da existência do tempo.

quinta-feira, setembro 25, 2014

O que eu planto?

Sonhei com árvore, acordei com o fruto e por todo o dia espalhei sementes. E você me pergunta: o que você está plantando? Eu respondo: o seu sorriso : )

quarta-feira, setembro 24, 2014

7 x 1 - Da Soberba ao Estranhamento

7 x 1
Da Soberba ao Estranhamento

1 x 0

Soberba dá lugar ao estranhamento. O que era imortal recebe a visita do mortal no poder do reino da dualidade - os olhos se arregalam, os pelos sobem e um frio na espinha indica, as coisas vão mudar.

2 x 0

Vishnu dá lugar a Shiva. Tudo está prestes a se transformar. O segundo golpe indica que o controle está prestes a dar lugar ao caos que varre a ordem na Dança de Shamboo que tudo transforma, tudo clareia e faz Reis e Rainhas se tornarem rainhas e reis.

3 x 0

A corrente começa a levar tudo que encontra pela frente, ainda temos a ilusão que podemos nos agarrar nas gramas das margens. Os dedos agarram cada pedacinho de grama, como se fossem cordas, correntes - o desespero já está aparente.

4 x 0

Tudo parece durar uma eternidade, mas para quem assiste de longe, o estranhamento demora alguns minutos. Golpe após golpe, já se reza, já se invoca o Divino. Ateus clamam por Deus, Evangélicos pedem as benções dos Orixás. Porém, o quinto tiro - tira - todas as aves dos passarinhos.

5 x 0

....

6 x 0

Já não resta mais nada a fazer a não ser se adaptar. A soberba dá lugar a única coisa a fazer: tentar forças encontrar. Quando não se tem mais controle e sem controle a vida está, a Dança de Nataraja passa a mostrar que a força que tudo leva - naquele momento - é maior que a nossa soberba, o nosso despreparo e não nos resta nada a mais além de aprender com essa força a nós fortalecemos também.

7 x 0
Mahakala com mais um ceifada, mata o sétimo corpo e sob o impacto do sétimos golpe, nós debatemos pela última vez. O estranhamento da morte, ceifa também o tempo e com o tempo, o espaço que tínhamos para fantasias e distorções. E o que fica no lugar? Um último chute de esperança...

7 x 1

O chute é apenas um reflexo daquilo que já foi rei. Maheswara diminui o ritmo da sua Dança Implacável, como quem sabe que aquele ser em cinzas pode se reerguer novamente. Começa a surgir além do brilho da meia-lua do estranhamento que a tudo transforma, a lua nova da criação. Brahma rege a orquestra da transformação das cinzas em alguma outra coisa. Algo novo pode surgir ou pode ser que esse ser que surge das cinzas ainda tenha vestígios de soberba e ainda queira ser Rei e tenha que sofrer mais 3 mortes ou 300 visitas de Shiva até aprender...até aprender que é preciso muito trabalho e dedicação para se recuperar a coroa; e muita paciência e humildade para deixar o reinado nas mãos de quem é mais competente e eficiente para reinar.

Le Roi Est Mort, Vive Le Roi!

terça-feira, setembro 23, 2014

O sentir...

Quando tudo perde o sentido, respire e tudo volta a ser sentido.

segunda-feira, setembro 22, 2014

Ô Jurema!!!

Na mata
Os tambores falam de amores
E os caboclos se juntam para saudar
Uma Cabocla toda enfeitada de flores
Na magia das cores
Fez minha vida mudar
Ô Jurema!!!

sexta-feira, setembro 19, 2014

O respeito ao desrespeito

Eu respeito o seu desrespeito, pois é preciso muito despeito para não tratar as pessoas direito; talvez seja por isso que quem tem real respeito sente melhor o que bate do lado esquerdo do peito.

quinta-feira, setembro 18, 2014

A importância da ceia para você

Uma antiga frase beduína diz: " Quando somos convidados para cear com um amigo; devemos tratar a ocasião com o mesmo respeito e carinho que teríamos se o próprio Deus nos convidasse para cear com Ele". 

Uma antiga frase brasileira diz: " Quando um amigo te convidar a cear com ele, a mais bela desculpa que podemos dar para não ter comparecido é dizer qualquer coisa que possa servir de desculpa por termos esquecido".

quarta-feira, setembro 17, 2014

Pecar? Pequei? Você Peca?

" Faço tudo que me dá na cabeça, não quero saber de limitações. Eu não pequei contra a luxúria. Quem peca é aquele que não faz o que foi criado para fazer".

João Ubaldo Ribeiro

terça-feira, setembro 16, 2014

Oxalá

Ba Ba Ba
Oh Baba
Baba Xála
O Xála
Oh Baba
Meu Oxalá

segunda-feira, setembro 15, 2014

Experiência

"Se a experiência não me trouxer poesia, não é Experiência, é só um fato safado fadado a cronologia do tempo"

Presente em palavras da querida Sandra Sandra Lessa 

sexta-feira, setembro 12, 2014

O que saem das Línguas?

Há línguas que falam fogo; há línguas que verdejam/
Há línguas que caçam bobos e há línguas que constroem impérios /
Que da minha língua, só saia flores; pois de incêndio já basta o que eu ouço/
Que minha língua construa um castelo; pois nas ruínas, só reinam os loucos.

Dedicado a Rubem Alves ( obrigado Mestre)

quinta-feira, setembro 11, 2014

Plante em seu jardim

"Os jardineiros plantam - os professores plantam; a escola deve ser um jardim."
Rubem Alves

" O aprendizado é uma árvore que cresce no solo do Bom Ensino"
Frank Oliveira


quarta-feira, setembro 10, 2014

Ônibus Fantasma

Insisti no ponto, mas o ônibus não desceu; talvez se eu cantar o ponto, o ônibus me incorpore e leve eu.

terça-feira, setembro 09, 2014

O que é a vida?


segunda-feira, setembro 08, 2014

Hamsá

Hamsá, Chamsá, Mão de Fátima, Mão de Miriam, paciência para esperar a boa sorte chegar...Hamesh, olho aberto, iniciado - afaste de mim todo mau olhado, todo mal dito, que meus inimigos tenham sucesso em cima de seus próprios desafios...paz na Terrra e aos homens de boa intenção e vontade!!!

sexta-feira, setembro 05, 2014

Moradia

Que sua casa seja um templo.
Que o zelo comece na escolha - se derrame em flores por toda a sua moradia.
Se houver escolha, não more de qualquer jeito. Moradia é coisa séria, pergunte a quem não tem...

quinta-feira, setembro 04, 2014

Ondas

Ondas
Hinário Primeira Lição
Reino do Sol

"Acordei com o meu Mestre
Me pedindo pra lembrar
De seu antigo ensinamento
Que vem das ondas do mar

...O retorno para o ontem
É triste imaginação
O apego vem do medo
É matéria da ilusão
Pois a vida segue em frente
É sempre renovação

Seguem assim os que tem Fé
Filhos de Oxum e Oxumaré"

quarta-feira, setembro 03, 2014

Caçador - Marinheiro

Sou caçador, mas também sou marinheiro
Vou me equilibrando nas ondas
Desse terreiro 
Com arco e flecha numa mão
Pra ser certeiro
Na outra mão, uma bússola 
Com o meu cruzeiro
Que me mantenha na linha
Torta de um jeito
Que eu acerte na direção
Sem medo
Pois sou um caçador-marinheiro 
Na floresta 
Do mundo inteiro
Mergulhando no mar agitado
Que flui de dentro
Aprendendo a ser marinheiro-caçador 
De mim mesmo

terça-feira, setembro 02, 2014

Palavras são só palavras

By: Elisabet Just

"Bom dia !

As palavras, por si só, são vazias. O que as significa são as intenções que existem por trás de quem as expressa, seus revestimentos de emoções e sentimentos, e as chaves de percepção, o discernimento de acordo com o nível de consciência, de quem as recebe.

Entonces...

Receba o que é seu, deixe o lixo dos outros com os outros e AGRADEÇA todos esses seres de LUZ que estão presentes em sua vida, aqueles que te ensinam só porque são do jeito que são.

EU agradeço!'

segunda-feira, setembro 01, 2014

Verdade um conjunto de possibilidades

A nossa cultura, a nossa crença, a nossa verdade não é a realidade suprema, é apenas um conjunto de possibilidades, ou seja, a melhor forma que os nossos ancestrais encontraram de garantir o nosso futuro. Diferentes formas de saber, de aprender, de ser e de acreditar são apenas diferentes possibilidades criadas pelos ancestrais de outras civilizações para garantir o futuro delas. 

O que nos torna humano não é o que nos faz iguais e sim o que nos torna diferente.

sexta-feira, agosto 29, 2014

O Gato e o Rato

Depois de ser perseguido durante um bom tempo por um gato, o rato esconde-se em uma toca e fica ali durante horas. 

Até que, ao ouvir latidos de cachorro, achou que o gato tivesse ido embora e saiu para passear.

Contudo, assim que enfiou a cabeça pra fora, foi pego pelas garras do gato.

- Você imita latidos? - perguntou espantado.

E o gato:

- Meu amigo, neste mundo globalizado, quem não fala duas línguas morre de fome!

quinta-feira, agosto 28, 2014

Jurema Jureminha no Tambor

Jureminha bate o tambor, 
os pássaros cantam, 
o pai baba, 
a mãe tira foto, 
o irmão aponta para a vida correndo entre e dentro de nós nesse momento lindo chamado alegria. 

Jura, Jureminha, que você é minha filha? Tam Tam Tam bora no meu coração a união da nossa família.

quarta-feira, agosto 27, 2014

Ibira - Ibirapuera

Ibira pura era lindo, lindo pura era Ibira.

Ibira viva outra era, pura era bora Ibira!

terça-feira, agosto 26, 2014

Educação Sustentável

Educação sustentável é proporcionar ao aprendiz a chance de gerenciar seu próprio aprendizado com a escolha de um conteúdo relacionado com a sua própria experiência de vida.

segunda-feira, agosto 25, 2014

Ignorância ou Sabedoria?

É preciso coragem para saber e mais coragem ainda para agir. 
Ignorância pode ser uma benção, mas é somente a sabedoria que nos livra dos enroscos da vida.

segunda-feira, agosto 04, 2014

"Passarim"


 Li, ou ouvi dizer, uma frase mais ou menos assim: 

"Passarim não tem medo do galho quebrar 
porque sabe que tem asas para voar."

E é assim que passarim canta, pousa, até faz ninho; passarim confia em suas asas, na sua natureza.

Viva os passarins !!!

sexta-feira, agosto 01, 2014

A Arte do Soco e do Chute!

"Antes de estudar arte, um soco para mim era apenas como um soco, 
um chute apenas como um chute. Depois que estudei a arte, 
um soco não era mais um soco, um chute não era mais um chute. 
Agora que compreendi a arte, um soco é apenas como um soco, 
um chute apenas como um chute." 

BRUCE LEE

quinta-feira, julho 31, 2014

Eixo - Zona de Conforto


É preciso sair do eixo, da zona de conforto, para enxergar outras dimensões, abrir novas portas, destituir o poder de velhos padrões. Dói. Dá medo. É imprevisível, sai do controle. Uma voz grita: "Insensata!", enquanto outra apóia tranquilamente a suposta insensatez.
Coração torce quietinho pela vitória das águas fluidas e calmas, do amor expandido, da generosidade, do ser livre e desperto, da plenitude e unidade, da atitude, da vontade, da confiança, convicção, serenidade, da força, do saber-se merecedora da prosperidade, saúde, harmonia e amor.
Coragem, vai, transpõe o abismo dessa vez.

quarta-feira, julho 30, 2014

O Número 13

By: Raio de Luz Oridio Nunes

O número 13, na numerologia, representa a consciência universal de Deus pelo número 1, unido com a trindade 3, que retorna a unidade (pai, filho e espírito santo). Se reduzirmos o número 13: 1+3 = 4, voltaremos nos símbolos do quadrado e da cruz (quatro pontas), que lembra o sacrifício do corpo de Jesus, e o quadrado lembra a terra, o pó de onde viemos e pra onde vamos retornar.


terça-feira, julho 29, 2014

Meus Sonhos

Texto by: Michelle Nery

segunda-feira, julho 28, 2014

O Caminhar de vagar

Quem carrega seu mundo nas costas, precisa caminhar devagar - quase tartarugando - para não deixar o que é seu passar...

sexta-feira, julho 25, 2014

O Corpo...

O Corpo que ocupo nesse corpo coletivo incorpora o melhor que esse corpo comporta...

quinta-feira, julho 24, 2014

O Louco

Khalil Gibran :
O Louco 

Perguntais-me como me tornei louco. 
Aconteceu assim:
Um dia, muito tempo antes de muitos deuses terem nascido, despertei de um sono profundo e notei que todas as minhas máscaras tinham sido roubadas – as sete máscaras que eu havia confeccionado e usado em sete vidas – e corri sem máscara pelas ruas cheias de gente gritando: “Ladrões, ladrões, malditos ladrões!”
Homens e mulheres riram de mim e alguns correram para casa, com medo de mim.
E quando cheguei à praça do mercado, um rapaz no cimo do telhado de uma casa gritou: “É um louco!” Olhei para cima, para vê-lo. 
O sol beijou pela primeira vez a minha face nua.
Pela primeira vez, o sol beijava a minha face nua, e a minha alma inflamou-se de amor pelo sol, e não desejei mais as minhas máscaras.
E, como num transe, gritei: “Benditos, benditos os ladrões que roubaram as minhas máscaras!”
Assim tornei-me louco.
E encontrei tanta liberdade como segurança na minha loucura: a liberdade da solidão e a segurança de não ser compreendido, pois aquele que nos compreende escraviza alguma coisa em nós

quarta-feira, julho 23, 2014

Meditação ou Concentração?

Pela meditação nós unimos a pequena alegria da alma com a grande alegria do Espírito. O ato da meditação não deve ser confundido com o ato da concentração comum. A concentração consiste em retirar a atenção de distrações e focalizá-la em qualquer pensamento em que estejamos interessados. A meditação é uma forma especial de concentração na qual libertamos a atenção da inquietude em nós e a focalizamos em Deus. A meditação é, portanto, a concentração que usamos para conhecer Deus. 

(Yogananda)

terça-feira, julho 22, 2014

Vôo e Dança - Vida e Experiência

Águia Da Esperança, me ajude sempre a lembrar que a vida é um voo e as minhas experiências são danças sagradas que se complementam com todas as outras asas...

domingo, julho 13, 2014

7 x 1 Da Soberba ao Estranhamento

1 x 0

Soberba dá lugar ao estranhamento. O que era imortal recebe a visita do mortal no poder do reino da dualidade - os olhos se arregalam, os pelos sobem e um frio na espinha indica, as coisas vão mudar. 

2 x 0

Vishnu dá lugar a Shiva. Tudo está prestes a se transformar. O segundo golpe indica que o controle está prestes a dar lugar ao caos que varre a ordem na Dança de Shamboo que tudo transforma, tudo clareia e faz Reis e Rainhas se tornarem rainhas e reis.

3 x 0

A corrente começa a levar tudo que encontra pela frente, ainda temos a ilusão que podemos nos agarrar nas gramas das margens. Os dedos agarram cada pedacinho de grama, como se fossem cordas, correntes - o desespero já está aparente.

4 x 0

Tudo parece durar uma eternidade, mas para quem assiste de longe, o estranhamento demora alguns minutos. Golpe após golpe, já se reza, já se invoca o Divino. Ateus clamam por Deus, Evangélicos pedem as benções dos Orixás. Porém, o quinto tiro -  tira  - todas as aves dos passarinhos. 

5  x 0 

....

6 x 0 

Já não resta mais nada a fazer a não ser se adaptar. A soberba dá lugar a única coisa a fazer: tentar forças encontrar. Quando não se tem mais controle e sem controle a vida está, a Dança de Nataraja passa a mostrar que a força que tudo leva - naquele momento - é maior que a nossa soberba, o nosso despreparo e não nos resta nada a mais além de aprender com essa força a nós fortalecemos também.

7 x 0
Mahakala com mais um ceifada, mata o sétimo corpo e sob o impacto do sétimos golpe, nós debatemos pela última vez. O estranhamento da morte, ceifa também o tempo e com o tempo, o espaço que tínhamos para fantasias e distorções. E o que fica no lugar? Um último chute de esperança...

7 x 1

O chute é apenas um reflexo daquilo que já foi rei. Maheswara diminui o ritmo da sua Dança Implacável, como quem sabe que aquele ser em cinzas pode se reerguer novamente. Começa a surgir além do brilho da meia-lua do estranhamento que a tudo transforma, a lua nova da criação. Brahma rege a orquestra da transformação das cinzas em alguma outra coisa. Algo novo pode surgir ou pode ser que esse ser que surge das cinzas ainda tenha vestígios de soberba e ainda queira ser Rei e tenha que sofrer mais 3 mortes ou 300 visitas de Shiva até aprender...até aprender que é preciso muito trabalho e dedicação para se recuperar a coroa; e muita paciência e humildade para deixar o reinado nas mãos de quem é mais competente e eficiente para reinar. 


Le Roi Est Mort, Vive Le Roi!


segunda-feira, julho 07, 2014

O Deus da Linguagem

O Deus que habita na língua não é o Deus que sente, que você sente!
Sente
E sinta 
Sentiu?

E ao sentir 
Por instinto 
Você se move 
E para se mover, o Eu-que-sente descobre a língua que precisa para ir mais adiante e naquele instante, a língua serve a quem sente e quem sente, aprende a pensar e a usar esses tais pensamentos para articular o nome ou o pronome,
O verbo e o predicado
As letras e as palavras 
As frases e as idéias 
Até que o eu-que-sente se transforme nesse eu-que-pensa, eu-que-fala, eu-que-acredita no que diz! 

Eu que acredita no que pensa e o que se pensa não é o que se sente, pois você não é o que pensa, você é o que você sente

E quem diz que você é o que pensa 
É o Deus da Linguagem 

Aquele que sabe 
Mas não sente,
Não sente...
Amor! 
Pois amor não cabe na mente.

segunda-feira, junho 30, 2014

FÁ MI LÁ


Um recomeço 
Jardim do Éden! 
Sem múltiplas escolhas
Uma só família!
Nada em primeiro lugar
Nem o outro,
Nem o trabalho
Ou a vida profissional, 
Nem a "liberdade",
Nem Deus...
Só família 
Uma só família! 

A família que Deus te deu
O Deus que não pede um lugar,
Porque se é Deus, Ele ocupa todos os lugares ao mesmo tempo
Se é Deus 
É um Deus que TE segue sem doutrinar 
Apenas mostrando 
Que precisamos observar 
Estudar e aprender
E aquilo que aPREENDER
Reter para aprender a zelar

E saber zelar é cuidar 
Não deixar nada em Seu lugar
Nem Deus,
Nem Eu, 
Nem o estudo sEU
Ou essa missão que a sua mente criou para te entreTER,
Porque no final,
Só há um Religar...
Se liga, meu, e REliga-se com a sua família! 

Recria o Jardim do Éden destruído 
Sem Caim e Abel caídos 
E sim irmãos que se complementam 
Com as suas diferenças e maçãs mal engolidas
Mas digeridas 
E que fortalecem a TAL família

Família que é feita de gente diferente 
Se complementando numa coisa em comum: o amor.
Criando laços de dedicação e devoção 
Que deixa no devido lugar
Essa TAL família, 
Aquela que volta ao Éden 
Unida

Uma só família 
E como qualquer família 
Se há amor e respeito 
Ela se expande naturalmente 
E sempre cabe mais um
Pois esse Jardim do Éden 
Fica aqui dentro do peito,
No peito de qualquer um. 



quarta-feira, junho 18, 2014

Auto-Boicote

Shibata - chibata
Ó vida ingrata - tudo ocorre de ruim comigo porque EU não consigo deixar de auto-boicotar meu próprio umbigo...

terça-feira, junho 10, 2014

"Por que parar para pensar, se você pode pensar andando?"



"Ser guardião de si mesmo, eis o nosso grande trabalho, a nossa única missão."


"Sempre peço ao Meu Deus para eu ter coragem para ver e assumir os meus atrapalhos que me impedem de vencer"

"Se a vida te leva para outras direções diferentes daquela que você achava ser a certa, só resta confiar!"

"A diferença entre espíritos e fantasmas é: espírito a gente vê quando se olha no espelho, fantasma só aparece se a gente cria."

  • "Quero um lugar ao frio, da mesma forma que quero um lugar ao sol. É vivendo bem com o externo que aprendemos a viver bem só"

segunda-feira, junho 09, 2014

Reflexões de mim


"Fazer da sua vida uma obra de arte é uma missão para quem compreende que a inspiração que flui das suas mãos vem de outras dimensões e reflete em luz em todos os outros corações" 
Ass: Mim Mesmo




"Você é o único culpado quando o seu relacionamento não dá certo, afinal, foi você quem escolheu quem estava do seu lado, mesmo sabendo, que era melhor, naquele momento, ficar sozinho. Assim também, você é o único culpado quando fracassa, afinal, foi você que escolheu não se arriscar para obter o seu sucesso, mesmo sabendo, que as oportunidades estavam caindo do céu, naquele momento." 

Ass: O Mesmo

sexta-feira, junho 06, 2014

Tênues respostas



O que eu faço com aquelas 453 revistas antigas que acho que ainda serão úteis para o meu conhecimento?

Será que virei um " acumulador compulsivo" e preciso chamar ajuda? 

Ou isso é apenas um hábito normal de alguem que comprou muito mais informação que pôde ler?

quinta-feira, junho 05, 2014

Presente



Esteja presente. 
Fique ao meu lado, mas não use as palavras. 

As palavras cansam a alma, 
a companhia descansa a mente.
Ocorreu um erro neste gadget

AmazingCounters.com
Overtons Marine Supply