sexta-feira, junho 17, 2016

O COPO VAZIO

Havia um Santuário
Cheio de Relíquias sagradas
Altar repleto de estátuas
Que EU adorava adorar

Lugar sagrado
Escondido à sete-Chaves
Ninguém entrava
Nada saia
Havia um Santuário
Lugar sagrado
Fechado
Até que um dia
A luz entrou e me revelou

O Santuário era minha zona de conforto
Ferro velho de peças gastadas
De velharias
Guardadas
Para ser usados um dia
Talvez
Nunca

O Santuário cheio de inutilidades
Preciosas
Muito precioso
Para meu ego doentio
Que transformou um sótão cheio de lixo guardado em ouro brilhante para tolos

O que a luz clareou
Levei tempo para limpar
Lutei para remover
As camadas que obstruíam
O que realmente era de valor

E quando o Santuário do Ego
Foi removido
Surgiu no lugar
O espaço
Sagrado
Do
Copo
Vazio!

Nenhum comentário:

Ocorreu um erro neste gadget

AmazingCounters.com
Overtons Marine Supply