quinta-feira, maio 05, 2016

Mal-Me-Quer; Bem-Me-Quer!

Era uma vez uma rosa cheia de belas pétalas e uma menina imatura brincando de mal-me-quer e bem-me-quer! 

mal-me-quer; bem-me-quer! 
mal-me-quer; bem-me-quer! 
mal-me-quer; bem-me-quer! 

Pétala arrancada
Rosa retirada 
Desperdício da beleza 
Que está lá para ser usada 

mal-me-quer; bem-me-quer! 
mal-me-quer; bem-me-quer! 
mal-me-quer; bem-me-quer! 

Menina imatura
Não sabe dar valor 
A beleza apresentada 
Pela Rosa do Amor 

mal-me-quer; bem-me-quer! 
mal-me-quer; bem-me-quer! 
mal-me-quer; bem-me-quer! 

Não vai ter mais rosa
Não vai ter mais pétala 
Menina reclamando
Que o amor não se revela 

mal-me-quer; bem-me-quer! 
mal-me-quer; bem-me-quer! 
mal-me-quer; bem-me-quer! 

O bem é preservar 
O mal é desperdiçar 
Nem tudo o que queremos 
É o que precisamos ter 

mal-me-quer; bem-me-quer! 
mal-me-quer; bem-me-quer! 
mal-me-quer; bem-me-quer!

Tempo de amar 
É aprender a celebrar 
Tempo de sozinha ficar 
É aprender a preservar 
Todos os recursos do amor

Nenhum comentário:

Ocorreu um erro neste gadget

AmazingCounters.com
Overtons Marine Supply