quarta-feira, agosto 12, 2015

Luto de Si Mesmo

Ela acordou num dia como outro qualquer com a mesma cara que sempre teve e com a mesma vida que sempre levara. Levantou e foi ao banheiro lavar ao rosto como toda manhã fazia e ao invés do mesmo reflexo que sempre viu, ela enxergou A Outra. 

E ao ver A Outra que ela poderia ter sido, por um momento ela se deu conta de tudo aquilo que poderia ter aprendido, tudo aquilo que poderia ter sido experimentado e chorou o Luto de Si Mesmo, chorou por todas as Outras que ela nunca seria e todas as Outras que ela nunca foi. 

Mas quando a ultima lágrima secou, ela se esqueceu porque estava chorando e voltou a ver o mesmo reflexo no espelho que sempre esteve e sempre a estará esperando.

Nenhum comentário:

Ocorreu um erro neste gadget

AmazingCounters.com
Overtons Marine Supply