terça-feira, maio 19, 2015

À quatro mãos

By: Nielda Karla Gonçalves de Melo

Facebook: http://migre.me/pVsHY

Esses dias estava distraída costurando os meus bordados. Tava tão entretida em cada linha q quase nem olhava pro lado.
Foi quando de mansinho notei uma presença que de voz mansa e calma perguntava: posso vir colaborar?

Eu desconfiada não falei nada, mas também não enxotei. Deixei-o sentar do meu lado e ao trabalho retornei.
Enquanto fazia cada ponto, comecei a reparar, naquele presença tão singela, que só queria me acompanhar.

Passaram as horas e alguns dias para então decidir, pausar as linhas e os bordados e meu convidado assistir.

Olhei com calma o que fazia com toda delicadeza, a cada bordado q eu terminava ele guardava em uma cesta.

Mais um tempo se passou e eu passei a reparar, que ao cuidar dos meus bordados ele só queria me cuidar. Desses gestos tão singelos ele alcançou meu coração e aonde antes apenas um bordava hoje se borda à quatro mãos.


Nenhum comentário:

Ocorreu um erro neste gadget

AmazingCounters.com
Overtons Marine Supply