quinta-feira, abril 17, 2014

Escreveu, não leu...perdeu os dentes


- Você viu os denti do Zé?

- Na verdadi, eu não vi, né muié? Caiu tudo, não?

- Da noiti pro dia. ValamiDeus! Acho que foi macumba!

- Chuta isso daqui, muié. De macumba numa quero nem prosa; se você quisé mesmo conversá sobre os denti do Zé, vamos prosear mais com ciência e menos cum crença, diz aí, já ouviu falá em carma?

- Carma assim de ficá mais tranquilo.

- Oxi... Não! Essi é outro "carma". to falando di palavra estrangeira, dessas qui só dotô usa. Eu tava issis dias tentando pescá umas coisa nova no rádio e piguei essa emissora di Sumpaulo que falava de coisa isotérica, pelo nome já percebi que era programa cientifico; dai havia esse povo todo ligando pra essi profissor que falô que tudo qui ocorri com nóis é Carma.

- O qui é isso?

- É o qui nos chama aqui de " escreveu num leu, o pau comeu" ou "quem faz aqui, paga aqui", " quem cedo madruga, Deus ajuda"; essas coisa.

- Ahhh, agora entendi.

- Então, qual é o apilido do Zé?

- Bafo dionça!

- Ou seja, se o Zé iscovasse os denti...

- Os denti num tinha caído...

- Entendeu? Carma!

- Mas nós já sabemo disso. Só num tinha nomi.

- Eu sei, muié, mas na boca dos dotô é ciência!

Nenhum comentário:

Ocorreu um erro neste gadget

AmazingCounters.com
Overtons Marine Supply