sexta-feira, abril 26, 2013

Viajando Espiritualmente no colo de Krishna... - II


VIAJANDO ESPIRITUALMENTE NO COLO DE KRISHNA... - II



Oh, Krishna, Senhor dos Olhos de Lótus!

Quando escuto o Teu Canto, tudo muda dentro de mim.

Quando o som de Tua Flauta percorre os meus nádis (1), minha coluna se enche de Luz dourada.

Quando vejo o Teu Olhar por entre os planos, os meus chacras (2) se tornam sóis de bem-aventurança.

Quando o Teu Coração toca o meu coração, me derreto de Amor...

Quando viajo espiritualmente nas ondas do Samadhi (3), deslizo pelos Teus Cabelos cheios de estrelas.

Quando Tu chegas de mansinho em meu lar, o meu mundo interno estremece diante de Tua Luz Serena e Amiga.

Quando vejo o sofrimento dos homens, penso em Ti.

Quando vejo o sofrimento dos espíritos perdidos na noite dos tempos, também penso em Ti.

Quando o mal se aproxima, penso no Teu Sorriso.

Quando amo, lembro-me do Teu Afeto pelas Gopis (4).

Quando o cansaço físico chega, durmo pensando em Ti.

Quando saio do meu corpo denso (5), é em Teu Nome que viajo espiritualmente pelos diversos planos e pratico a assistência extrafísica.

Quando os Seres de Luz me orientam a jornada, eles também falam de Ti, com admiração, em Espírito e Verdade.

Quando respiro, faço o que tu me ensinaste: honro o Amor Divino no Prana (6) – e abraço a Vida em mim.

Quando brinco com o Rama (7), penso em Ti brincando junto.

Quando abraço meus amigos, lembro-me do Teu Abraço Sutil.

Quando projeto energias salutares a favor de alguém, penso nas Tuas Mãos interpenetrando minhas mãos, nas luzes da cura.

Quando alguém me diz que meus olhos estão brilhando muito, eu dou uma sonora risada, pois sei que, na verdade, é o brilho do Teu Olhar que está transbordando pelo meu olhar.

Quando vejo o cadáver de uma criança ou de um ancião, faço o que Tu me orientaste: penso em Ti abraçando os espíritos que partiram de volta para a Casa das Estrelas...

E quando escrevo algo nas ondas da inspiração espiritual, sinto que Tu enches de bênçãos os escritos... Então, sei que um Grande Amor viaja junto até outros corações, em Espírito e Verdade.

Ah, Krishna, que saudades, Meu Grande Amigo!
Om Namo Bhagavate Vasudevaya (8).

P.S.:

Quando “eu era meu”, a escuridão me abraçou.
Então, tu vieste nas ondas do Amor...
E raiou a aurora do Samadhi no céu do meu coração.
Então, tudo mudou.
E, agora, eu não sou mais meu.
Sou Teu, Govinda (9).
Todo Teu, em Espírito e Verdade.
E é só o Amor que nos leva...
(Dedicado aos meus amigos Thanya Lima, Antonio Decesaro e Viviane Mozzato,do Espaço Semeando Luz, de Caxias do Sul, na linda serra gaúcha).
- Wagner Borges – sujeito com qualidades e defeitos, espiritualista consciente e contente, que não segue nenhuma doutrina criada pelos homens da Terra, “51 anos de encadernação”, nem oriental ou ocidental, pois sabe que é um cidadão do universo temporariamente hospedado no plano físico, para aprender, viver, amar, rir, e seguir...
Caxias do Sul, 22 de março de 2013.
- Notas:

1. Nádis – do sânscrito – condutos sutis que distribuem a força vital pelos chacras, a aura e todo sistema energético do ser humano.

2. Chacras - do sânscrito - são os centros de força situados no corpo energético e têm como função principal a absorção de energia - prana, chi -, do meio ambiente para o interior do campo energético e do corpo físico. Além disso, servem de ponte energética entre o corpo espiritual e o corpo físico.

  Os principais chacras são sete – que estão conectados com as sete glândulas que compõem o sistema endócrino: coronário, frontal, laríngeo, cardíaco, umbilical, sexual e básico.

3. Samadhi – do sânscrito – estado de consciência cósmica; expansão da consciência.

4. Gopis – do sânscrito – No Hindusmo, uma gopi é uma das várias vaqueiras que tem devoção pura (bhakti) por Krishna.

5. Projeção da consciência – é a capacidade parapsíquica inerente a todas as criaturas, que consiste na projeção da consciência para fora de seu corpo físico.

Sinonímias: Viagem astral – Ocultismo.
Projeção astral – Teosofia.
Projeção do corpo psíquico - Ordem Rosacruz.
Experiência fora do corpo – Parapsicologia.
Viagem da alma – Eckancar.
Viagem espiritual – Espiritualismo.
Viagem fora do corpo – Diversos projetores extrafísicos e autores.
Emancipação da alma (ou desprendimento espiritual) – Espiritismo.
Arrebatamento espiritual - autores cristãos.

6. Prana – do sânscrito – sopro vital; energia; força vital; fluido vital.

7. Rama – é o meu parceirinho de jornada (um cãozinho da raça YorkshireTerrier, de quatro anos de idade).

Obs.: O seu nome é uma homenagem a Rama, o príncipe-herói do épico “O Ramayana” - e sétimo avatar de Vishnu na Cosmogonia hinduísta.

8. Om Namo Bhagavate Vasudevaya – do sânscrito - é um dos mantras de evocação de Krishna. Om é a vibração interdimensional que interpenetra a tudo e a todos.

Namo: saudação ou reverência ao poder divino.
Bhagavate: respeito ao Senhor.
Vasudevaya: Vasudeva é o nome da família carnal que criou Krishna.
O Ya acrescentado no final significa a característica ativa (masculina) do mantra.
Quando alguém faz esse mantra completo, evoca Krishna como homem que também viveu aqui na Terra e sabe das dificuldades enfrentadas por todos.

Obs.: Sobre esse mantra, favor ver o texto “Surfando nas Ondas da Consciência Feliz – Om Namo Bhagavate Vasudevaya”, postado no site do IPPB – www.ippb.org.br -, no seguinte endereço específico:

9. Govinda (ou Gopala) - são epítetos de Krishna, considerado como o "Pastorzinho divino", que tangencia os seres na direção da bem-aventurança e da consciência cósmica (muitas vezes associada ao despontar da aurora dissolvendo as trevas - o ego - e fazendo a atmosfera dançar na luz).

Govinda e Gopala também são considerados mantras de dissolução de climas psicofísicos densos. Trazem alegria e espantam as confusões e equívocos.

Obs.: A primeira parte desse texto está postada no site do IPPB, no seguinte endereço específico:

Nenhum comentário:

Ocorreu um erro neste gadget

AmazingCounters.com
Overtons Marine Supply