quarta-feira, setembro 12, 2012

A pedra



Havia uma pedra no caminho*, porém, para o poeta, aquela não era simplesmente uma pedra. No meio da estrada, ela chamava os olhos, inspirava o caminhante a prestar atenção nela.


Havia centenas de pedras por ai, mas o viajante poeta nunca tinha visto pedra mais bela que aquela, era como se um brilho intenso pulsasse do seu interior e refletisse nos olhos do poeta, que não pensava em outra coisa a não ser escrever alguns versos, rabiscar algumas palavras que pudesse descrever, ainda que de forma singela, aquela pedra.


Como descrever aquela pedra de forma que todos pudessem entender o quanto ela era preciosa, mesmo que não fosse ouro, mesmo que não fosse uma pedra que fizesse os homens brigarem por ela. Sim, ela era uma pedra que inspirava coisas boas, não exigia posse, apenas que lhe fossem dirigidas palavras sinceras.


Havia uma pedra no caminho do poeta e dependendo de como ele olhasse para ela, essa pedra poderia ser um diamante ou um entrave que machucaria seus pés, suas pernas.


Como você está olhando as suas pedras?


Frank


Nota do autor: 
* "Havia uma pedra no caminho" é inspirada na frase "tinha uma pedra no meio do caminho" do poema de Carlos Drummond que se intitula: No Meio do Caminho.

Nenhum comentário:

Ocorreu um erro neste gadget

AmazingCounters.com
Overtons Marine Supply