segunda-feira, maio 14, 2012

Jureminha e o Dragão da Tosse

A gripe veio, derrubou o sorriso da minha menina; tirou o gira-sol do seu olhar. Dá-lhe remédio, dá-lhe cuidado. Sai gripe malvada, deixa a minha menina em paz.

Ela chora, a gente chora; ela espirra, a gente espirra; ela não dorme, a gente sofre.

Coisa triste é ver nossos filhos doentes, dá vontade  de trocar de lugar. Eu trocaria sem pestanejar, mas não é assim que funciona.

Ser pai é que é estar junto na "alegria e na tristeza; na saúde e na doença". Isso sim é promessa, qualquer outra coisa é coisa parecida que nunca será. Ser mãe é realmente amar, incondicionalmente, só de um lado; pois filho cresce, se esquece e vai embora.

Mas minha bebê está quase boa, a gripe está perdendo força e só ficou essa tosse , coff coff que ainda aperta o peito dela e parte  meu coração. Mas não tem problema não, amanhã essa tosse vai embora e a gente nem vai lembrar mais, até a próxima chegar e nos dar vontade de tossir por eles para eles se curarem...

Nenhum comentário:

Ocorreu um erro neste gadget

AmazingCounters.com
Overtons Marine Supply