sexta-feira, abril 13, 2012

Pagar o Preço

Havia nela uma vontade real de crescer, mas um medo mortal de perder as regalias que ganhou com as ferramentas da imaturidade; imaturidade que constrói muros de ilusões feitos de desejos satisfeitos e pequenas conquistas temporárias que nunca a levaram a nada.

Nada! Esse é o troféu da infância prolongada das legiões de jovens adultos que se recusam a crescer e ver que precisam abrir mão, fechar pernas, manter a boca fechada e abrir os ouvidos para as instruções que eles mesmos foram buscar. A maioria desses jovens que buscam melhorar a sua compreensão de mundo, se perde no caminho; desiste da jornada a meio passo da chegada, pois o preço vai ficando cada vez mais caro e eles simplesmente se recusam a deixar pelo caminho as armaduras da vaidade e da falsa maturidade; e passam a se agarrar a essas vontades como se elas fossem realmente fortalezas e não as fraquezas que as fazem fracassar diante dos seus sonhos.

Sonho! Ainda bem que há outros aprendizes que, mesmo ainda juvenis de idade, possuem o esforço adulto que o transformará em próprio agente da sua mudança, afastando de vez aquela criança imatura que eles usavam como desculpa para não crescer.

Crescer! Esse é o destino de quem entendeu que a disciplina é apenas um estudo que precisamos empreender para nos tornar verdadeiros discípulos do Mundo da Matéria. Cresce quem abraça a disciplina como quem abre uma janela e vê lá fora a paisagem de um Ser Melhor.

Nenhum comentário:

Ocorreu um erro neste gadget

AmazingCounters.com
Overtons Marine Supply