quarta-feira, abril 18, 2012

Meio-dia em Paris

Todos os textos e crônicas que podiam ser escritas sobre Paris já foram publicados, lidos e mastigados; daí, coisa mais sem graça ler a experiência de mais uma outra pessoa sobre a capital francesa. Porém, se você ainda continua lendo até aqui, deve ser porque há algo sobre Paris que você ainda não sabe e quer conhecer através de mim.

Bem, se é assim, nada mais resta a mim a não ser satisfazer o seu desejo e lhe contar que eu amo Paris, mais não vejo graça nos parisienses, com exceção dos gatos. Sim, os felinos em Paris são bem diferentes.

Gato é um bicho bem curioso. É o único bicho de estimação que não age como tal. Andando pela casa com aquelas pegadas arrogantes, os gatos já deixam bem claro quem é que manda. Na rua então, esses bichanos se acham reis ou rainhas - agora imaginem os gatos parisienses.

O gato parisiense é um bicho de hábitos diurnos. Basta passar por uma delicatessen para ver os bichanos bolando um plano para roubar os queijos e baquetes. Em pleno meio-dia, se os turistas não estivessem apontando suas câmeras para a Torre Eifell e para o Arco, eles veriam o triunfo desses bichos, flutuando sobre os telhados parisienses com um charme e elegância que nenhum francês consegue imitar.

Sim, tenho certeza que não existe por ai nenhuma crônica sobre Paris que fale sobre os gatos. Entail, da próxima vez que você for a Paris, preste atenção nos telhados e você terá uma interessante surpresa.

Nenhum comentário:

Ocorreu um erro neste gadget

AmazingCounters.com
Overtons Marine Supply