terça-feira, março 27, 2012

A Dança do Senhor da Palha

Você busca longe a prosperidade que deseja em sua vida, mas não está disposto a reconhecer que para alcançar o rio que jorra a abundância, é preciso fazer a Dança de Omulú, o Orixá da mudança e da cura.
Atotô lá fora grita: deixe morrer os velhos hábitos, deixe cantar o Shiva que transforma a vida e leva você aonde você queria; porém, assuma o compromisso de mergulhar na fonte e limpe aquilo que provoca a inércia.

Você então avalia o preço e sabe, lá no fundo, que não deseja pagar...

A inércia é dentro, daí a busca de um equilíbrio do seu eixo. Porém, nem todo mundo deseja mesmo mudar os velhos hábitos, deixar as manipulações que parecem nos ajudar, mas na verdade só nos afundam.

Afundamos pois não passamos de crianças mimadas brincando de desejar coisa de gente grande e como não temos maturidade para trabalhar as nossas sombras, reclamamos sem parar que não conseguimos oportunidades na vida e tudo vêm torto, ignorando que o externo só reflete o interno; e perdemos com isso, a lição do velhinho, Senhor das Palhas, que assusta com a sua dança quem ainda nada, nada e morre na praia.

Nenhum comentário:

Ocorreu um erro neste gadget

AmazingCounters.com
Overtons Marine Supply