quarta-feira, fevereiro 08, 2012

Rebeca e Paulo Henrique


Essa é uma estória de amor de subúrbio paulista, onde ele encontrou ela num churrasco de lage, e ele é Paulo Henrique e ela é Rebeca. Rebeca amava Paulo Henrique intensamente, o que começou com um churrasquinho se transformaria num pedido de casamento no dia do aniversario de Paulo Henrique. Tudo muito normal, mas com eles foi diferente.

Ela preparou uma grande surpresa para ele. Rebeca contratou um carro com auto-falante que tocasse para todos ouvir "Como eu te amo, Paulo Henrique", e que tocasse também uma canção de amor que ela escolhera e que representava tudo o que ela sentia por ele. Essa canção seria tocada, enquanto uma voz feminina leria um poema que ela mesmo escreveu e a surpresa acabaria com fogos no céu que escreveriam S2 em letras garrafais.

Assim ela contratou, assim foi! As quinze em ponto, as ruas da Vila Arapuá foram invadidas por um carro de som com a capacidade de áudio de um trio-elétrico. Dizem o povo que o som se propagou dali até a Sé, coisa que eu não duvido, tamanho foi o som que ecoou pelo bairro.

" Paulo Henrique - clamava o carro de som - Saia de casa e venha receber a sua surpresa. Paulo Henrique - Feliz Aniversário! "

Paulo meio assustado e totalmente surpreendido, abriu o portão de casa, enquanto os vizinhos se aglomeravam para ver o que estava ocorrendo.

- Você é o Paulo Henrique? - o carro de som perguntou.

- Sim! - Paulo respondeu um tanto constrangido por estar falando com um carro de som.

- Essa mensagem e essa canção é para você, nesse dia de aniversário. Rebeca quer te dizer algo e tudo o que ela sente está nessa canção:

"I heard that you're settled down
That you found a girl and you're married now
I heard that your dreams came true
Guess she gave you things I didn't give to you

Old friend, why are you so shy?
Ain't like you to hold back or hide from the light
I hate to turn up out of the blue uninvited
But I couldn't stay away, I couldn't fight it

I had hoped you'd see my face
And that you'd be reminded
That for me it isn't over

Never mind, I'll find someone like you
I wish nothing but the best for you too
Don't forget me, I beg
I remember you said:
"Sometimes it lasts in love, but sometimes it hurts Instead..."

A bela canção de diva britânica Adele "Someone like you" continuou tocando pelo ar, enquanto Paulo Henrique começou a chorar.

Um dos vizinhos, muito sensibilizado pela emoção do rapaz, perguntou

- É muita emoção, não é, Paulo? Essa moça ama mesmo você.

- Ama? - repetiu Paulo Henrique, substituindo as lágrimas por um olhar acólerado - Essa mulher é louca! - completou Paulo Henrique, xingando a equipe do carro de som e praticamente expulsando todos dali.

Rebeca não entendeu porque seu amado não atendeu as ligações naquele dia e nem no dia seguinte, nem nunca mais.

Os vizinhos passaram a semana toda comentando que a cólera do rapaz deveu-se pela vergonha que ele deve ter sentido por essa demonstração tão grandiloqüente de amor; outros disseram que Paulo tinha mesmo era bom gosto para continuar com uma menina tão brega; dessas que ainda mandam pregar faixas em frente a casa da pessoa amada com frases de amor.

O que ninguém sabia é que Paulo que já vinha freqüentando aulas de inglês há algum tempo e falava e entendia inglês muito bem, e ao invés de ouvir uma canção de amor eterno, ouviu na verdade:

" Eu ouvi dizer que você está estabilizado
Que você encontrou uma garota e está casado agora
Eu ouvi dizer que os seus sonhos se realizaram
Acho que ela lhe deu coisas que eu não dei

Velho amigo, por que você está tão tímido?
Não é do seu feitio se refrear ou se esconder da luz
Eu odeio aparecer do nada sem ser convidada
Mas eu não pude ficar longe, não consegui evitar

Eu tinha esperança de que você veria meu rosto
E que você se lembraria
De que pra mim não acabou

Deixe para lá, eu vou achar alguém como você
Não desejo nada além do melhor para vocês também
Não se esqueça de mim, eu imploro
Vou lembrar de você dizer:
"Às vezes o amor dura, mas, às vezes, fere"


Um comentário:

Anônimo disse...

A Rebeca deu mesmo o que falar aqui na Vila Arapua....hahaha...eita omingão shumbrega...hahaha....bj Auri

Ocorreu um erro neste gadget

AmazingCounters.com
Overtons Marine Supply