segunda-feira, fevereiro 27, 2012

A Primeira Viagem da Jureminha

Carnaval, alguns dias de descanso e uma idéia relativamente simples: viajar para o Sul de Minas. As complicações: trânsito e bebê - uma combinação que nunca acaba bem.

Viajar com criança é sempre uma aventura árdua; precisamos de um planejamento logístico muito bem arquitetado, comida e bebida extra, paradas estratégicas e todas os planos B, C e Z que a situação exige. Porém, Jureminha nos mostrou que apesar de todos os temores, existe " viagem depois do primeiro filho". Nunca tinha visto bebê tão feliz e à vontade.

Fomos a São Tomé das Letras, lugar dos malucos-belezas e das cachoeiras, mas palco também do primeiro encontro do pai e da mãe dela. Há 14 anos, encontrei Auri pela primeira vez e  o resto são crônicas e a Jureminha.

Claro que nem tudo são flores: combati pernilongos, lutei contra a poeira, tomei um extremo cuidado ao levá-la até as cachoeiras e fiz tudo o que pude para dar a minha filha o máximo de conforto e segurança. Contudo, a viagem transcorreu numa tranqüilidade tremenda e percebemos, Auri e eu, que todo aquele medo bobo que uma criança pudesse nos impedir de continuar as nossas andanças por esses quatro cantos era conversa para  passarinho deixar de voar.

Nenhum comentário:

Ocorreu um erro neste gadget

AmazingCounters.com
Overtons Marine Supply