quarta-feira, fevereiro 15, 2012

Fall



Há um momento em que percebemos que estamos caindo em tentação. A maçã fica ao nosso alcance, o gosto do se deixar levar nos faz salivar e mesmo sabendo que podemos perder o paraíso, caímos por livre e espontâneo prazer.

É bom. Tem gosto de sorvete em dia quente; de cobertor e chocolate escaldante em dia frio.

Ahhh... O durante é eterno; o se entregar se faz belo; até que a carruagem vira girimum...

O vestido dourado se transforma em fiapos; o cavalo branco não passa de um rato e um príncipe belo nada mais se torna que um qualquer banguelo; cujo encanto se desfez na maçã entalada, e o palmo do Adão, nos faz todos filhos de Eva.

Esquecer vira benção; o problema é quando já não somos mais inocentes e a consciência nos lembra o tempo todo que poderíamos ter comido a maçã e mantido o paraíso, se tivéssemos percebido que nunca houve fruto proibido, apenas o momento era inadequado para usufruir isso.

Nenhum comentário:

Ocorreu um erro neste gadget

AmazingCounters.com
Overtons Marine Supply