terça-feira, janeiro 17, 2012

O Erro e o Choro


A criança chora, a mãe se irrita e grita: para de chorar!!! A criança chora mais ainda, berra; a mãe, cada vez mais irritada, ameaça: ou você cala ou terá motivo para chorar pra valer!

O aluno erra, o professor se irrita e fala ( quase grita): está errado! O aluno erra mais ainda, o professor cada vez mais irritado ( já ensinou aquilo dezenas de vezes), ameaça: ou você estuda ou não passará de ano!

A criança não tem controle das palavras, então se comunica pelo choro. O seu choro carrega o significado que sua voz ainda não domina. O pai habilidoso compreende que o choro comunica, e escuta...

O aluno não tem controle sobre o que é acerto, então se comunica com o erro. O erro carrega o significado para guiá-lo em direção ao aprendizado. O professor habilidoso adora os erros, pois cada um deles é uma tentativa de acerto.

A mãe irritada tenta calar a boca da criança, abafando o choro com ameaças e sacolejo.

O professor irritado tenta calar a boca do erro, castrando as tentativas de acerto, tentando ensinar o seu jeito ao invés de aprender que cada aluno tem seu meio.

Choro e erro!

Erro e choro!

Duas ferramentas de aprendizado que quase ninguém sabe o que é direito.

Nenhum comentário:

Ocorreu um erro neste gadget

AmazingCounters.com
Overtons Marine Supply