sexta-feira, dezembro 23, 2011

Congelando o Natal ( Uma Crônica Natalina)





Se eu pudesse parar o tempo para segurar um momento, eu congelaria o Natal.

Congelaria o sorriso das crianças ao abrir seus presentes para que elas nunca conhecessem o gosto de perder o aqui e o agora.

Congelaria a alegria dos adultos sentindo " lá sei o quê" ao se reunir com as suas famílias para comemorar essa data tão especial.

Data tão especial por reconhecermos um no outro um bocadinho de Cristo e desejar presentear esse irmão com um abraço, como se ele fosse o próprio Jesus refletido.

Sim, Jesus se reflete no rosto dos homens no Natal, não porque é dia 25 de Dezembro, não porque os homens repetem que "Ele" nasceu assim ou assado nessa data; ele se reflete no rosto dos homens, pois a data convida a uma reunião com a família e não há nada mais Divino na Terra do que estar com quem se ama e desejar:

Feliz Natal!

Frank Oliveira

Nenhum comentário:

Ocorreu um erro neste gadget

AmazingCounters.com
Overtons Marine Supply