terça-feira, novembro 01, 2011

Aconteceu de novo...


Faz tempo!

Eu havia esquecido a sensação, a certeza, a flexibilidade do pensamento, o sentimento que vem junto. Alegria! Como moleque você pula de alegria com todas as oportunidades que vão surgindo. Como guri, você renova as esperanças ao sentir tão intensa experiência. Pensando nisso, agora me pergunto: aonde estava essa criança da minha alma?

Não precisei fazer muito. Bastou lembrar do sorriso do meu filho e eu senti, mesmo com os olhos fechados, um brilho azul em minha testa vibrando. E foi nesse brilho vivo e pulsante que dormi desse lado e acordei do outro. Consciente de tudo, sendo parte do Todo.

Como nos velhos tempos, como nos tempos em que eu praticava Viagem Astral e vivia me entupindo de exercício, que acho devido a minha ansiedade, não resultava em nada. Até um dia em que, naturalmente, sai do corpo e lembrei durante. Houve uma segunda experiência, uma terceira; nunca uma quarta - pelo menos que eu lembre.

Dai, anos depois, casado e com filhos, cansado e aflito com tantas contas...a gente vai deixando o exercício espiritual para depois, o estudo para quando tivermos tempo. Tempo que nunca temos, exercício que nunca fazemos. A vida vai cada vez mais nos levando, e tudo aquilo que conquistamos, se esvaindo em esquecimento, dúvida e toda espiritualidade se torna um amor antigo que, vez ou outra, sentimos falta, mas seguimos sem ela assim mesmo, até o dia em que, surge um tempinho, e resolvemos fazer uma pequena meditação e sem esperar que nada ocorra, algo muito especial acontece de novo...

Nenhum comentário:

Ocorreu um erro neste gadget

AmazingCounters.com
Overtons Marine Supply