segunda-feira, outubro 10, 2011

Lullaby


" Twinkle, twinkle, little star,
How I wonder what you are,
Up above the world so high,
Like a diamond in the sky."


Ainda se canta para bebê dormir?

Uma amiga minha, que vai se tornar mãe, me pediu dicas musicais, disse ela que deseja fazer uma seleção de canções de ninar para o seu bebê. Eu perguntei se não seria melhor ela cantar para o neném, ela respondeu que, com a voz de taquara rachada que ela tem, provavelmente o bebê se assustaria.

Piada à parte, de acordo com uma pesquisa feita pela revista "Crescer", as mães já não cantam mais canções de ninar para os seus filhos, nem os pais contam histórias mais. Falta de tempo, é a desculpa, o que é uma pena que essa tradição esteja sendo perdida, afinal, as canções e histórias de ninar são uma forma de manter, mesmo nesse mundo de correria, uma conexão do pai ou da mãe com a criança que, infelizmente, já não ocorre mais.

Não sabemos ao certo quando e onde surgiu a primeira cantiga de ninar, sabemos que o poeta romano Pérsio, no primeiro século da era em que vivemos, já falava de sua existência. Os acalantos ou cantigas de ninar, conhecidos em Portugal como canções de berço ou de embalar são cantados pelas mães do mundo todo para adormecer seus filhos. Nomes das cantigas de ninar em outros países: Estados Unidos e Inglaterra (lullaby); Suécia (lula); Dinamarca (lulle); Holanda (lullen); Polônia (kalebka); França (berceuse); Itália (cantilena ou nane); Alemanha (wiegezang); Bulgária (iulkova piesen); Rússia (kolybethnaia piecnh); Japão (komoriuta); Chile (rurrupatas); Espanha (cancion de cuña); Romênia (cantec de legan).

Tento, desde que me tornei pai, manter sempre música tocando no quarto da Jureminha, mas não perco ,por nada desse mundo, a chance de ninar ela para dormir com as canções mais malucas que consigo lembrar, desde que tenham o tom calmo e suave que possa ajudar o bebê a dormir.

No começo, fiquei em dúvida do que cantar, depois as canções foram aparecendo. Nada da "Cuca vem pegar" ou "Samba Lêlê Tá doente", arrisco mesmo um "Love me Tender" do Elvis ou um "Let it Be" dos beatles.

A verdade é que não é o que você canta que conta e sim, o tom da sua voz e o calor dos seus braços que embala esses lindos seres para o mundo dos sonhos. E ver o seu bebê caindo no sono com o som da sua melodia faz que a gente perceba que essa tradição merece ser preservada por toda a eternidade.

E você, que é pai ou mãe, que canção de ninar você canta?


Fonte de pesquisa:
http://www.lendorelendogabi.com

Um comentário:

Drayzinha disse...

eu canto "a la nanita nana" uma cançao da espanha, é muito bonita!!!

Ocorreu um erro neste gadget

AmazingCounters.com
Overtons Marine Supply