quarta-feira, maio 04, 2011

O SAMADHI DO SORRISO (Com a Criança que é o Infinito...)

By Wagner Borges

Era uma linda manhã de outono quando Ele surgiu.
Eu estava sentado no saguão de embarque do aeroporto, esperando chegar a
hora do meu voo...
A princípio, eu não O reconheci. Porque Ele veio na forma de uma criança.
Então, quando eu percebi a verdade, Ele riu, e me disse:
“As coisas mais profundas da existência são mais simples do que os homens
imaginam. E, às vezes, o Supremo opera de formas secretas e admiráveis...
E o Céu inteiro se manifesta no coração de uma criança.
O Samadhi* pode estar num sorriso... E o Eterno no transitório.
Ah, você sabe: cadáver algum conhece as estrelas. Mas, o espírito, sim. Pois
é ele que veio do Céu, e apenas entra e sai dos corpos perecíveis.
Portanto, olhe a vida como uma criança olha... E, diante das tragédias do
mundo, pense em Mim! E ore, pelo Bem de todos.
Quando estender suas mãos para projetar energias benfeitoras, imagine que
Minhas Mãos estão interpenetradas nas suas. E que o Amor Supremo vibra Luz
por elas...
E quando orar a favor daqueles que partiram, também pense em Mim. E Eu os
guiarei de volta para casa...
Imagine o Meu Coração no seu coração, e abrace o mundo inteiro.
Eu Sou a Criança que habita no velho; e Sou o Universo que habita na
criança.
Não tenho idade alguma, e as estrelas estão em meus olhos.
Caminho há eons e eons pelos diversos planos e dimensões da Vida
Universal...
Então, imagine que Eu estou em cada um de seus passos, para que suas pegadas
sejam luminosas e justas.
Aqui estou, na forma de uma criança, para, com isso, quebrar os paradigmas
antigos e desgastados, e inspirar a produção de novas canções e viagens
espirituais venturosas.
Pense nisso: o Céu em forma de criança, rindo na sua frente... E a
imortalidade da consciência dançando em seu coração. E mais: pense que a
Minha Luz viaja pelos seus chacras**, e transforme-os em pequenos sóis de
ananda***.
E, diante da maldade, pense que Eu estou em todo o seu SER... E faça isso
com todo seu coração.
E quando escrever sobre tudo isso imagine que Sou Eu escrevendo através de
você. Então, Eu estarei presente nas linhas escritas e, de formas secretas e
admiráveis, também no coração dos leitores... E eles, enfim, compreenderão
que o Infinito é criança, e que o Samadhi pode estar num sorriso.”
Ah, Ele me falou isso tudo e riu, e tocou em minha testa com sua mãozinha de
criança arteira... E me abençoou.
Então, eu vi o Infinito dentro dos Seus Olhos de lótus... E uma Luz branca
me arrebatou, em espírito, para o meio das estrelas.
E quando voltei ao meu estado normal e abri os olhos, Ele havia sumido. E eu
percebi que tudo aquilo se passara em apenas uma fração de segundo.
Olhei para as pessoas em volta e ri comigo mesmo. E, logo em seguida, o
funcionário da empresa aérea convocou a todos para o embarque no avião.
Levantei-me da poltrona e olhei em volta: o saguão de embarque estava
lotado.
E eu ri novamente, e imaginei que Ele estava rindo junto comigo.
Olhei para fora do ambiente e vi o sol brilhando e enchendo a atmosfera de
prana**** e vida. E agradeci a Ele, o Senhor dos Olhos de Lótus.
Ele, Krishna, que, mais uma vez, fez a minha manhã ficar mais linda ainda...

P.S.:
O que fazer quando um Grande Amor visita o seu pequeno coração?
Como falar do Infinito usando as palavras da Terra?
Ah, quem me dera eu pudesse expressar corretamente a Luz do Espírito nessas
linhas... De toda maneira, eu sei que o Céu opera de formas secretas e
admiráveis.
E, às vezes, o mais profundo se expressa através do mais simples...
Sim, o Infinito é criança. E o Samadhi pode estar num sorriso.
E, com todo meu coração, eu só digo: “obrigado, Krishna!”

Paz e Luz.

- Wagner Borges – mais do que ter, tentando SER...
Aeroporto de Congonhas, São Paulo; 14 de abril de 2011.

- Notas:
* Samadhi – do sânscrito - expansão da consciência; estado de consciência
cósmica.
** Chacras - do sânscrito - são os centros de força situados no corpo
energético e têm como função principal a absorção de energia - prana, chi -,
do meio ambiente para o interior do campo energético e do corpo físico. Além
disso, servem de ponte energética entre o corpo espiritual e o corpo físico.
Os principais chacras são sete – que estão conectados com as sete
glândulas que compõem o sistema endócrino: coronário, frontal, laríngeo,
cardíaco, umbilical, sexual e básico.
*** Ananda – do sânscrito - bem-aventurança; êxtase espiritual.
**** Prana – do sânscrito - sopro vital; força vital; energia.




Nenhum comentário:

Ocorreu um erro neste gadget

AmazingCounters.com
Overtons Marine Supply