terça-feira, março 01, 2011

CATANDO GRÃO

Quando ele me contou que eu estava catando grão, eu ri da cara do sujeito, afinal, sou passarinho, não sou galinha, e quem cata grão pelo chão é quem não tem asas para catar o que precisa pelo ar; mas ele reafirmou que estavámos aqui para catar grão...grão de energia.

Para que eu preciso de grão de energia, perguntei; ele respondeu: para não se dissolver quando você morrer!

" A nossa consciência é mais leve que o vento, sem energia concentrada, não há foco e nos dissolvemos em qualquer coisa quando morremos - ele disse - Se tivermos grãos de energia suficiente, teremos força para manter a nossa concentração, do contrário, voltamos a ser tudo e nada ao mesmo tempo!"

- E o que são esses grãos de energia?" perguntei!

- A experiência que absorvemos quando concluímos os nossos ciclos de aprendizado! Essa experiência vira energia que se transforma em força mental; e essa força mental, é absorvida pelo espírito da vida da qual somos feitos, e com isso, ao invés desse espírito da vida se dissolver em qualquer coisa que o atraia, conseguiremos seguir com a consciência intacta, até o momento, em que renascermos de novo em corpo de alma.

- Corpo de alma?

- Sim, tudo o que acontece do lado de lá, acontece cá; e vice-versa! Morrer e nascer são apenas portais para as diferentes realidades em que a nossa conciência de manifesta. Tudo muito natural e simples; o único problema é o tempo entre-mundos, que pode durar uma eternidade, se não tivermos os grãos de energia necessários para nos manter conscientes durante todo o processo de passagem.

- Acho que prefiro acreditar nos pontinhos positivos no céu, que eu ganho na minha igreja, quando a frequento...esse negócio de grão de energia é conversa de sonho...

Foi só dizer isso que ele desapareceu e eu acordei...era tudo comida de sono!!!


Imagem: http://soniaporto.zip.net/images/imagem_Pavoa_branca

Nenhum comentário:

Ocorreu um erro neste gadget

AmazingCounters.com
Overtons Marine Supply