quarta-feira, dezembro 08, 2010

A Vida Ficou Grávida

Conta a lenda, que a Vida, rainha do mar da manifestação, engravidou do Amor, rei das esferas; e acreditando no homem, recobriu, uma vez mais, uma estrela que veio para a Terra para ser revestida de matéria de gente.

Levou muito tempo, mas o Amor fundiu-se com a Vida, e transformou essa estrela, temporariamente caída, em semente; colocando-a dentro de uma mulher, portal dimensional da existência; criatura fantástica, pura água e terra ao mesmo tempo; suave e sólida, filha de Iemanjá, que mesmo sendo do mar, já percebeu que as estrelas do oceano, nada mais são, que reflexo das estrelas do céu, refletindo nas águas, a sua origem e o seu destino.

Essa mulher recebeu a estrela em seu corpo, aceitou a mudança de suas formas e compreendeu a transformação, a fusão, a dor de sentir alguém dentro de si, usando o corpo dela para crescer, se vestir de pessoa, nascer. Percebendo que estava diante de um grande presente do infinito, agradeceu a Iemanjá, a Vida, que sorriu em eternas ondas no mar e disse:

" Filha, só se recebe o que merece! Portanto, só estou lhe dando o que você tanto pediu e não vou lhe tirar esse presente jamais, pois essa estrela, há tempos, quis cair em seu coração. Receba esse presente e o complete de matéria com amor"

Pensando no Amor, a mulher, então, agradeceu, também, ao Rei das Esferas, que se revelou, e disse:

"sou Krishna, a mulher no homem, o homem na mulher, menino e menina, pois o amor não tem genêro, só é amor por si SÓ; e sendo amor, sou a corrente no rio dos homens, e as ondas no mar das mulheres. Receba esse presente que veio do mar, das mãos da minha consorte Iemanjá, para você não só acreditar, mas ter certeza que o amor tem o tempo certo de se manifestar. Essa estrela que você carrega agora em seu corpo, enfrentou uma batalha árdua para aqui vir encarnar; valente, feito Davi, ele lutou contra diversos Golias para chegar nesse planeta. Receba-o com festa e alegria, toque a sua flauta, componha em sua harpa, a mais divina melodia em homenagem a essa estrela cadente que caiu no mar para ser gente, o seu filho...o filho de Krishna, o filho do amor"

E o presente de Krishna e Iemanjá vem se manifestando, em seu ventre, dia após dia, hora após hora, mudando de forma; crescendo, saúdavel, forte, inebriado pelo mais puro carinho, embalado pelo mais sincero amor.



Nascimento de uma Canção 1





Nascimento de uma Canção 2


Nenhum comentário:

Ocorreu um erro neste gadget

AmazingCounters.com
Overtons Marine Supply