sexta-feira, outubro 29, 2010

“QUEM SOMO NÓIS???

Por Elisabeth Oliveira, em homenagem ao UMAPAZ

Óia seu moço e sua moça
Taí uma pergunta difícil!
Tomano por base a minha vivença,
Vô relatá aqui a minha experiença.
As veis drumo um sono sossegado...
O sono é tão gostoso, que parece até que
Viajei num carrosel dourado.
Notro dia, nem drumo!
Me remexo, saculejo, parece até que
Dei foi um abraço num danado de precevejo.
Me óio no espeio, me sinto linda, linda!
Sorriso brejero, covinha no rosto,
Bochecha rosada,
Como princesa abençoada.
Notro dia, tudo vira dos avesso
Pulo da cama arretada e o espeio me dá um bruta susto
E no lugá da princesa
Oque vejo é uma bruxa espevitada.
E assim toco a vida
Sendo uma mil, mil em uma.
E pra resolvê essa peleja,
Resolvo dançá!
Proque dizem que quem dança os male espanta.
Entro pra UMAPAZ,
Pra fazê Danças Sagrada
Querendo mandá embora de veis,
Esse monte de nhaca atravessada...
No círculo danço, no círculo rio
No círculo choro.
Movimentos graciosos
Hora pra esquerda, hora pra direita.
Livre como vento,
Brilho como vagalume ao relento!
E nesse movimento,
Danço, canto,
Viajano pelos oceano, me encanto.
Ouço os canto dos pássaro,
Molho os pé em águas cristalina
O coração bate no ritmo de tambô
E como num sonho fantástico,
Vou de Sampa pra Gana, do
Tibet pra Xingu
Num instante mágico
Da Escócia pro Peru.
E quando volto pra casa,
Me óio de novo no espeio
E continua tudo igual:
Hora bruxa, hora fada
Hora moça linda,
Notra, feia desdentada
E o que muda afinal?
Continuo sendo uma em mil,
Mil em uma!!!
Depois dessa vivença, toda essa experiença,
Sorrio alegre pro espeio!
Num importa quando óio, quem é que vejo.
O importante é sabê,
Que tudo é sagrado
Do carrossel ao precevejo
E assim, vô dançando na vida:
Leveza nas mão,
Sorriso nos lábio
Firmeza nos pé
E muita gratidão e amô no coração.”


Para saber mais sobre o UMAPAZ, acesse:
http://www.blogumapaz.blogspot.com/

Nenhum comentário:

Ocorreu um erro neste gadget

AmazingCounters.com
Overtons Marine Supply