domingo, setembro 05, 2010

Nosso Lar - Nossa Decepção

Saio do cinema, depois de assistir o filme Nosso Lar, com saudade do Umbral.

O filme, tão aguardado, resultou num decepcionante longa metragem que soa artificial, religioso ao extremo e com um roteiro tão cheio de buracos que mais parece um queijo mineiro. Há coisas boas, com certeza, as cenas do Umbral valem o ingresso para que possamos ter uma idéia, que ao menos, temos uma grande potencial para produzirmos um filme B sobre zumbis.

Li o livro de André Luiz/Chico Xavier, o que de certa forma me ajudou a compreender o que parecia ser um roteiro; as interpretações, canastronas e vazias, fazem a gente pensar que pode até a existir vida depois da morte, mas ficou no corpo e na Terra toda a criatividade.

Alguns leitores e fãs do Chico podem até me acusar de estar sendo muito duro com a obra, mas acreditem, antes de ser espiritualista, sou também um cinéfilo de carteirinha, adoro um bom filme, saboreio bons roteiros, amo as grandes interpretações que nos fazem esquecer que aqueles sujeitos na tela são atores; por essa razão, adorei o filme do Chico, aguardo sempre com entusiasmo novas produções nacionais ( gostei até do Besouro), mas quando um filme é ruim, é ruim e pronto.

Sim, há cenas bonitas, mensagens maravilhosas e muitos atores se esforçam para convencer que estão mesmo vivendo naquelas imagens computadorizadas feitas no Paraguai do Canadá. Contudo, se o diretor tivesse se concentrado mais na história e menos nos efeitos, talvez teríamos como resultado, uma experiência cinematográfica de alto nível e não apenas um vislumbre que, no Brasil, aparentemente, conseguimos filmar melhor e contar com mais sucesso uma história com orçamentos mais enxutos.

Ps: que venham as pedradas espíritas!!!!


:

Nenhum comentário:

Ocorreu um erro neste gadget

AmazingCounters.com
Overtons Marine Supply