terça-feira, agosto 31, 2010

RECADO DA MÃE DIVINA

Por Chandra Lacombe


Vem surgindo um novo tempo, traz glórias do Divino
Mais Puros e Atentos nos tornamos canais do Infinito

Mãe Divina eu quero ser um filho realizado
que é perante o seu poder que me entrego pra ser libertado

Como um rio que corre para o mar, correntezas carregam o medo
Confiança para atravessar as fronteiras do Eu derradeiro

Não há desculpas para se escorar, já foi dito e a hora é essa
O tempo é de se integrar, abraçando o que ainda resta

Estou morrendo para o passado e nem anseio pelo futuro
minha coroa tem brilho dourado e provo o nérctar de um Amor maduro.


Recomendo seus CDs:
http://www.chandralacombe.com
http://beijaflordelotus.multiply.com


Notas tiradas do blog: http://chandralacombe.blogspot.com

Hinário Rosário

APRESENTAÇÃO

O hinário Rosário evoca a biografia espiritual de Chandra Lacombe através de cantos canalizados que expressam sinais de seus mentores espirituais, método terapêutico e disciplinas.

Seu primeiro hino foi recebido em ..... e até 20/05/2009 se encontrava no número 103.

Além de ser cantado inteiro 3 vezes por ano em média, esse hinário é base para os outros cultos espirituais e trabalhos terapêuticos facilitados por Chandra.

As palavras aqui expressadas jamais poderão ser suficientes para representar a experiência com a força espiritual que comanda um ritual com o Rosário, porém, pode contribuir para um pouco mais de consciencia e entrega que ajudam nessa vivência.

Os mentores espirituais

Atualmente seu principal mentor espiritual é Sacha Prem Baba, a quem Chandra acompanhou de perto boa parte da dedicação e purificação antes de se entregar e viajar para Índia nos últimos 3 anos. Porém, a importância de Mestre Império Juramidam na sua caminhada, assim como na de Prem Baba, tem reverência prestada em todo seu hinário.

Como veremos,outros mentores também foram se apresentado e sendo evocados de acordo com a necessidade de sua caminhada e dos grupo que foi facilitando.

O início da sua biografia sob o guarda chuva de força e luz do mestre Império Juramidam é evocada para abertura do Rosário em seus dois primeiros hinos.

Em seguida, evoca-se o poder da profecia canalizada pelo dedicado padrinho Alex Polaris, que sinaliza a presença da linguagem do Oriente sob a inspiração da luz e força de Juramidam:

" Oxalá, Shiva Juramidam/Nessa noite vão se reunir/Para firmar a aliança/Eterna para os tempos que hão de vir... Eu saúdo os Budas e Orixás/Nos Himalaias, nos Andes, na Floresta/Se escuta um rufar de mil tambor..."

Após uma evocação das tradições xamânicas mais antigas de uso religioso do enteógeno, são evocados dois hinos transmitidos pelo canal de um dos seus principais orientadores na sua jornada, o psicólogo Janderson, hoje mestre espiritual Sachcha Prem Baba.

Entre os pontos comuns da caminhada de ambos estão os conhecimentos provenientes da Índia, como as técnicas de meditação, os mantras e os trabalhos corporais do Yoga, além da inspiração de mestres desse século como Osho e Yogananda, e por fim Hans Maharagi e a linhagem Sachcha que proporcionou as últimas purificações de Janderson para se tornar Sachcha Prem Baba.

Assim, o último hino de abertura desse culto evoca concluindo: "Chamo o oriente para comandar a sessão ..../É nosso mestre abrindo o celestial ..."

Durante sua biografia outras guianças espirituais foram se apresentando, como seres provenientes da linguagem umbandista e do cristianismo ambos já sincretizados com o entéogeno através do Mestre Império Juramidam, além de arcanjos e manifestações ligadas a Grande Fraternidade Branca da qual sua companheira Surya traz hoje ligação mais especial.

E um de seus "hits" espirituais, Cura do beija flor, aparece um elemento importante da sua cura, que em síntese inspira a abertura plena do coração. Beija flor que inspira características importantes do seu processo como a prudencia da cura envolvendo o enteógeno e ao mesmo tempo a precisão, agilidade, alegria, capacidade de voar em todas as direções e desenvolver o espírito fraternal.

Apesar da síntese estar na ligação do Oriente com a Floresta, seu eclético coração brasileiro e sua peregrinação anual de 4 meses à uma série de países e continentes, torna especialmente presente em seu hinário a evocação expressiva ao princípio ecumênico, saudando: "Diversidade imensurável/Arco íris multi cor/ É tão grande esse Rosário/ Pétalas da mesma flor"

O método

A unificação do termo Linha unificada, é sim sutilmente influenciada pela possibilidade de um amor universal além de qualquer crença religiosa, porém sua principal influencia vem do método Pathwork, que assim define a meta final e é com certeza a obra que mais influenciou sua jornada espiritual, cura e método terapêutico.

Desse método talvez possamos destacar os seguintes princípios presentes no Rosário:

1. Reconhecimento do egocentrismo como parte do Ser, a ser atenuada e transcendida
"Superar o próprio ego é a verdadeira glória"

2. Aceitação das imperfeições e construção de um estado equilibrado de certa vulnerabilidade como atenuador das projeções perfeccionistas ilusórias
"Sou imperfeito mas vou estudando/E reconheço isso humano...'

3. Crescer é compreender que o amor que a criança precisa e deseja é egocêntrico e impossível de ser recebido. O amor maduro confia que é dando que se recebe igualmente.
"Chamo aqui todos os irmãos/ Pra compreender a primeira lição/É dando que se recebe/Esse saber faz sucumbir a ilusão"

4. A aceitação dos progenitores Pai e Mãe e devoção aos verdadeiros Pai e Mãe divinos
"Quem está limpo é porque perdoou/ Os enganos de quem nos gerou/Sol e Lua, Céu e Terra /Nessa Harmonia já estou

Disciplinas práticas sugeridas

Simbolizada pelo lótus de cinco pétalas que faz alusão aos 5 elementos da alma e ao cultivo dos 5 sentidos.

1. A meditação diária: simbolizada pela pétala do fogo

"Se esse vinho bebo contrito/Preparo o pão da meditação"

2. Devoção constante: representada pela pétala da água
"Eu me despeço mas vou recordando/Estou tecendo para ofertar"

3. Auto estudo: representada pela pétala do ar
"Se consciencia/É a luz que bem nos guia/ Serenidade ... é conquista/De grande valor"

4. Expansão de consciencia: simbolizada pelo pétala do éter

"É doce a Rainha mas amargo é o Daime/Que eu bebi para recordar-me/Lembrar do propósito espiritual/Servir como mestre ser luz de cristal"

5. Ação cotidiana: simbolizada pela pétala da terra

"Ser em ação/Como na palavra/Pra seguir livre sem esquecer"

Conclusão

Até o dia 20/05/09 o hinário está no número 103, sendo os últimos hinos inspirados fortemente pelas vibrações de São Miguel e pela estrela da Nova Era.

Síntese: A Oração de São Francsico

Assim, conclui-se também o culto com esse hinário: " Sob a égide da força viva da floresta, Mestre Império Juramidam, Mestre Cristo e da estrela da Conceição, a inspiração dos Budas dourados Mahatmans Babagis e a especial guiança de Sachcha Prem Baba e da linhagem Sachcha, está encerrada mais essa sessão, meus irmãos e minhas irmãs "

Cronologia

Pelo menos no exemplo de Chandra parece que o caminho espiritual não segue uma linha reta.

- Hinos de abertura:
- Interiorização:
- Pedido de Purificação: 3, 4, 5, 6, 9, 30
- Chamadas: 11, 15,16, 19,20, 32, 36
- Cura da Mãe: 16,
- Cura do Pai:
- Cura das matrizes do eu inferior: 25,
- Celebração: 7

Nenhum comentário:

Ocorreu um erro neste gadget

AmazingCounters.com
Overtons Marine Supply