domingo, agosto 22, 2010

FUTURO DE NÓS

Éramos noivos, o casamento ainda estava distante, quando fomos convidados para um casamento de uma amiga. Fomos para a igreja, assistimos a cerimônia; sem carro, pegamos carona com outro casal, que não conheciamos, mas iriam para a festa, que ficava um tanto longe dali.

Ele era moreno, baixo, magro, cabelo quase ralo, mas um bigode bem conservado; ela era de pele branca, cabelo negro e longo, tinha os olhos grandes que me lembravam as feições da minha noiva. Ele falava muito, ela completava o que ele não conseguia dizer, pareciam bem felizes e seguiram contando como estava felizes, e apesar do casamento de 30 e tantos, eles continuavam se amando como nos primeiros anos.

Inspiração para nós,futuro casados, não havia melhor.

O interessante é que eles pareciam muito comigo e com a Auri, não só na aparência, mas na maneira como eles se tratavam e agiam, até na forma como se expressavam.

Algum tempo depois, chegamos na festa, saímos do carro, e combinamos, quem sabe, dividir a mesma mesa, para continuar a nossa conversa. Eles concordaram, disseram que iriam estacionar o carro e que nos encontraríamos lá dentro. Esperamos eles voltarem da área onde estavam os carros, mas eles nada! Rodamos, falamos com os conhecidos, cumprimentamos os noivos, mas embora houvesse lugar vazio na nossa mesa, não os vímos mais. Auri procurou,eu tentei encontrar, mas o casal simplesmente desapareceu. Pensei em perguntar para alguém sobre eles, mas lembrei que esqueci de perguntar seus nomes. Como só havia uma festa de casamento naquele salão, não havia o risco deles irem ter parado na festa errada.

Bem mais tarde, enquanto nos despediamos dos amigos e seguiamos para casa, Auri disse:

- Frank, foi só a minha impressão ou aquele casal parecia com a gente?

- Ela era a sua cara, Auri...pensando bem, você é muito mais bonita - disse, fazendo graça, ela não riu, estava pensativa, meditando naquele encontro com aquele casal estranho que tanto nos era familiar.

- O pior é que nem os nomes deles sabemos - disse ela.

- Vai ver, nem é preciso - respondi - Talvez eles sejam a gente mesmo. O Frank e a Auri do futuro que vieram nos visitar e nos mostrar que estaremos juntos pelos próximos 30 anos.

- Futuro? - disse ela, levando a sério aquela minha teoria absurda. - Bem, sendo do futuro ou não, eles nos mostraram que não precisamos temer o nosso casamento e que todas essas histórias tristes de casais que se separam após os primeiros sete anos, não se aplica para todos.

- Sim, você tem razão. - concordei - Talvez eles tenham sido um sinal que estamos no caminho certo; mas se um dia, daqui há 30 anos, conhecermos um casal de noivos a caminho de uma festa de casamento, por favor, me lembra de ao menos, nos apresentar.

- Combinado! - disse ela - Pensando bem... Se isso ocorrer, é melhor mesmo não dizermos os nossos nomes. Tenho certeza que se fizermos isso, esse casal de noivos vai lembrar muito mais da mensagem que passaremos do que dos nossos nomes.

- E que mensagem será essa?

- Há vida feliz e inteligente além do casamento.

Nenhum comentário:

Ocorreu um erro neste gadget

AmazingCounters.com
Overtons Marine Supply