sábado, julho 10, 2010

FRAGMENTOS IV

A violência do e no outro é um símbolo te avisando:
PRESTA ATENÇÃO AO QUE A TRAGÉDIA QUER LHE MOSTRAR!

****

Ele tentou nascer, não conseguiu: morreu prematuro.

Tentou de novo, não vingou: foi abortado por sua Não-Quero- Ser-Mãe-Ainda- Adolescente.

Tentou uma vez mais: o próprio astral abortou a operação.

Moral da história: Assim como muitos querem morrer fora da hora, outros tantos querem nascer pra ontem.

****

O Ego é duplicada. É irmão de família separada.

****

Não ria do que ocorre com o outro! A próxima peia pode ser a sua!

****

Já desisti de esperar pelo amanhã: nunca chega!

****

O outro não sabe o que faz, você sabe e ainda faz.

****

Deixa o espaço vazio, menino! Essa sua mania de preencher tudo!

****

SER PROFESSOR É ENXERGAR-SE NO OUTRO SABER

****

“Quero ajudar o mundo!- disse ele

Mas quem pediu a sua ajuda? - disse a sua razão.

****

“Lá no astral, podemos tudo, mas não somos nada.

Aqui na Terra, somos tudo, mas parecemos poder nada.”

****

É tão evidente que a gente não sente.
É tão simples que a gente acha difícil
Com certeza, a mente mente.

Nenhum comentário:

Ocorreu um erro neste gadget

AmazingCounters.com
Overtons Marine Supply