terça-feira, junho 22, 2010

Ventos e Luzes

Tudo estava escuro,
Mas senti o vento,
Como um sopro terno
No meu rosto batendo;

E ouvi uma voz
Que vinha de dentro,
Dizendo:


" Chega de sofrimento
Receba a luz
Que é alimento"


Então, abri os olhos,
E acabou-se o tormento,
A cegueira que parecia eterna
Virou apenas um momento;

Antecedendo
Meu despertar
Em outro Tempo.

Nenhum comentário:

Ocorreu um erro neste gadget

AmazingCounters.com
Overtons Marine Supply