quarta-feira, junho 16, 2010

Além da Imaginação

A maior curiosidade de Leela era atravessar aquele buraco no céu. Ela passava seus dias imaginando o que teria do outro lado. Imaginava coisas malucas, desenhando-as em sua tela mental, depois apagava tudo, pois mesmo malucas, eram comuns demais, e do outro lado mesmo deveria haver coisas inimagináveis. Mas como seriam estas coisas inimagináveis? Isto lhe arrepiava a pele e aguçava mais a imaginação. Leela voltava a imaginar coisas inimagináveis. Mas novamente eram muito parecidas com as coisas do seu próprio mundo. Os passarinhos do outro lado era linguas de fogo. Os gigantes eram pessoas ampliadas e pintadas de verde. Que cor seria uma cor inimaginável? Leela se pergunta. E assim seguia...

Uma vez por ano, descia uma espaçonave pelo buraco e vinha até sua cidade. Era dia de levar algumas pessoas pro outro lado do buraco. Num dia desses...

— Leve-me em sua espaçonave — disse Leela ao capitão da nave.
— Você está preparada? — perguntou o capitão.
— Sim, sim! Estou sim! — ela respondeu.
— Tem certeza!? — disse o capitão — Pra ir comigo e passar por aquele buraco, você precisa estar preparada pra deixar tudo aqui. Tudo que tem, tudo que conhece, tudo que gosta e também o que desgosta. Isto significa deixar seus pais, seus amigos, seus brinquedos, suas raivas, suas alegrias, suas idéias, suas imaginações sobre o que há do outro lado. Ir comigo pro outro lado é igual morrer. Você terá que deixar tudo aqui, até suas esperanças. Não posso te levar com expectativas de voltar. Se você disser que sim, que está preparada pra deixar tudo pra trás, eu levo você agora mesmo.

Leela havia imaginado aquele momento centenas de vezes, com replay.
Era a realização de um sonho. Só que o preço estava muito alto.


... continua no prato do dia - aqui -> http://ferrarinanet.blogspot.com

Nenhum comentário:

Ocorreu um erro neste gadget

AmazingCounters.com
Overtons Marine Supply