sexta-feira, maio 07, 2010

O MENINO E A PLAYBOY

Comprei um exemplar da revista Playboy,
não foi pela capa,
nem pela mulher pelada,
nem muito menos pela entrevista
ou pelo artigo que todo homem usa como desculpa;

Comprei a revista,
pois vi um menino curioso,
olhando a revista e me pedindo,
como se ele estivesse em frente
à árvore do fruto proibido.

Comprei a revista e dei ao garoto!
podem me acusar, jogar ovo,
mas eu tinha que fazer isso,
afinal,
o menino que carregava um monte de gibis embaixo do braço,
queria ter a experiência
de homem que ele não entendia,
e vocês precisam ver a cara do menino,
quando eu disse que não precisava
me dar os gibis dele em troca.

Com a revista na mão,
ele correu para debaixo da sombra da árvore proibida,
e folheou a revista
com o mesmo cuidado que lia gibi novo;
e á medida que ele olhava as fotos das moças sem roupa,
com aquele olhar de moleque assombrado;
eu desapareci
e tornei-me esse guri de novo.

Nenhum comentário:

Ocorreu um erro neste gadget

AmazingCounters.com
Overtons Marine Supply