quinta-feira, março 11, 2010

O Lama do Riso

Todos esperavam ansiosos a chegada do Lama. Havia na sala, reporteres, jornalistas, curiosos e outras pessoas que ocuparam rapidamente o auditório.

Era a primeira palestra pública daquele Lama Tibetano que jamais havia saido de sua terra e visitado outros paises. Seria esse homem um novo Dalai Lama? Que novos
ensinamentos passaria? Escreveria ele algum livro que narrasse o árduo caminho de ser Budista na China Comunista?

Enfim, a esfera chegou ao fim, e o Lama foi entrando no lugar e seguiu em direção ao palco.

Careca e vestido em seus trajes laranja, ele era a figura tipica do monge budista que todos tinham visto na tv e revistas por ai. Aproximando-se do microfone, ele olhou para o público em silêncio.

A expectativa era enorme, mas o Lama não disse uma palavra, sequer uma saudação foi ouvida, ele apenas ficou ali parado, olhando a multidão que permanecia em silêcio,esperando as palavras do homem santo.

Então, o silêncio foi quebrado com um grande gargalhada.

Era o Lama e ele ria tanto que dos seus olhos saiam lágrimas.

O auditório permaneceu em silêncio, enquanto a risada do Lama ecoava por todo o lugar. Em principio as pessoas pareciam chocadas com o homem, mas estranhamente não
demorou muito para algumas pessoas comecarem a rir também e outros mais envergonhados olhavam uns aos outros com um pequeno sorriso, até que comecaram a rir
também.

A seriedade da busca de respostas deu lugar as gargalhadas e logo, todos estavam rindo, mergulhados naquele êxtase coletivo.

Era aquele risada sem motivo que todos nóis , uma vez ou outra, deixamos escapar que parece nos libertar de mil emoções presas em nossos peitos. E era assim que todos se sentiram enquanto riam; eles estavam se libertando de todos aqueles sentimentos que
os deixavam distantes de quem eles eram de verdade. Ao mesmo tempo que o riso ia dimimuindo de intensidade, um grande alivio ia tomando conta de todos e o peso do
mundo ia saindo de seus ombros. Todos os problemas e preucupações pareciam ser tão pequenos e fáceis de resolver perto da alegria de estar vivo. E tudo gracas
ao poder de uma boa risada.

Entao, O Lama falou:

- Seriedade pra quê? Nao esperem por ensinamentos de como resolver seus problemas, eu nem sei como resolver os meus. Mas se há algo que eu posso ensinar e compartilhar com vocês é uma boa risada. Riam mais e deixem o mau humor para aqueles que não querem ser felizes. Se você querem encontrar Deus ou atingir a iluminação espiritual, comecem a contar mais piadas, deixem os livros para os teóricos de plantão.

Riam bastante. Riam sem culpa. Riam sem vergonha, pois a própria vida é uma
grande brincadeira divina pra gente dar risada.

Nenhum comentário:

Ocorreu um erro neste gadget

AmazingCounters.com
Overtons Marine Supply