segunda-feira, março 15, 2010

36


"- Vou fazer 40! - diz Sally
- Quando? - Pergunta Harry
- Um dia! - Responde Sally"


Esse é apenas um dos diálogos primorosos do filme "Harry and Sally" de 1989. Naquela época, esse papo entre os dois personagens era engraçado e surreal. Engraçado porque eu tinha apenas 18 anos, e surreal, pois os "quarenta" era algo bem distante, e isso se eu chegasse até lá um dia.

Não cheguei ainda, mas começo a perceber a força dessa locomotiva chamada tempo, não apenas no meu corpo, mas principalmente nas minhas idéias e atitudes. Algo mudou, não foi o mundo, fui eu!

Crise dos trinta e poucos? Nada disso! Apenas uma reflexão nesse dia em que comemoro o dia que eu nasci. Os ponteiros quase não se mexiam antes, agora estão correndo, mas não quero diminui-los ou pará-los, apenas observo como o mundo continuará, mesmo quando eu já estiver passado. Assim é a vida para todo mundo, mas eu aqui, curiando o mundo da minha, acho tudo ainda muito mágico.

Tem gente que daria tudo para saber o que vai acontecer daqui há dez anos, outros fariam qualquer coisa para retornar no tempo e mudar as suas vidas - eu sigo pela terceira margem do rio - estou pagando para ver o que esta ocorrendo agora.

E quando olho o calendário e percebo outra década passando, o guri em mim dá risada e diz: "uau! estamos mesmo envelhecendo!!!"

Sim, envelheceremos e morreremos um dia, mas tudo a seu tempo, pois hoje estou bem ocupado vivendo.
Ocorreu um erro neste gadget

AmazingCounters.com
Overtons Marine Supply