domingo, fevereiro 07, 2010

AURIVERSÁRIO: 11 ANOS DE CASAMENTO

Tudo começou quando ela me estendeu a mão; eu não sabia, até então, do que o amor era feito, se tudo seria pão-pão queijo-queijo ou uma jornada de ilusão. Eu que sempre adorei uma zona de conforto, mergulhei totalmente naquela viagem, que não apresentava nenhuma segurança, pelo contrário, dali em diante, tudo seria surpresa; onze anos de casamento depois, as surpresas continuam a cada esquina: eu a amo; ela a mim, mais ainda.

Tentei assustá-la, lá no começo. Disse que era um Vagamundo e nunca ficaria num lugar só; ela me assustou mais ainda, disse que sempre quis ver o mundo, bastava convidar que ela comigo iria estar.

Esteve...está!

Das praias do Brasil as terras dos Celtas na Europa, descendo as curvas do Nilo ou no zigue-zague da Amazonas, oferendas aos Deuses do Amor oferecidas na India aos cantos sagrados das Matas; estivemos por todos os quatro cantos do mundo e para sempre estamos lá.

Onze anos...é pouco!!!

Olho pra ela, e pergunto: vamos viajar?

Ela responde: aguenta, só mais um pouco, dessa vez não iremos sozinhos. Aguenta esperar?

Um comentário:

luiza disse...

lindoooooooooo.

Ocorreu um erro neste gadget

AmazingCounters.com
Overtons Marine Supply