quinta-feira, novembro 26, 2009

Morte em sessão de Ayahuasca

Publicado no Blog Caminhos do Xamã

" Este e-mail chegou a mim e estou postando para devidos esclarecimentos sobre a morte ocorrida em um ritual com a bebida sagrada Ayahuasca."


Saudações querida irmandade

Esta carta que escrevo aos irmãos consagrantes de Ayahuaska desta casa “Estrela do Oriente” e demais trabalhos espirituais tem o intuito de informar aos nossos irmãos de caminho os últimos acontecimentos referentes à morte de um jovem dentro de uma sessão com a consagração da medicina indígena.

Estou acompanhando este acontecimento na internet aonde o fato vem sendo amplamente discutido e as informações mais imparcialmente trazidas, sem o sensacionalismo da mídia televisiva. Começo relatando os fatos divulgados na mídia:

“Policiais civis de Senador Canedo vão investigar a morte súbita do estudante de Gestão Ambiental da Pontifícia Universidade Católica de Goiás Fernando Henrique Queiroz Tavares. Ele morreu na manhã de domingo, aos 19 anos, no momento em que participava de um ritual realizado com o “propósito de promover o crescimento espiritual, o encontro com Deus e a melhoria do ser humano.”

O encontro espiritual, chamado “Ritual de Encantamento dos Sonhos”, foi promovido pela Instituição de Xamanismo Céu de Krishna, em uma chácara em Senador Canedo. Durante o evento, além de assistir à palestra, ouvir músicas e permanecer próximos a uma fogueira, os participantes, incluindo o jovem, tomaram a bebida indígena conhecida como ayahuasca ou santo daime, preparada a partir da associação do cipó jagube com o arbusto shacrona.

Fernando Henrique era portador da síndrome de Marfan, doença congênita caracterizada por membros anormalmente longos, que afeta outras estruturas do corpo, incluindo o esqueleto, olhos, pulmões, o coração e os vasos sanguíneos. A família do jovem registrou a ocorrência da morte súbita no 14º Distrito Policial (DP), em Senador Canedo, mas a princípio não associa a morte repentina à bebida servida no ritual.

A mãe dele, a administradora de empresas Neila Mara Queiroz, de 44 anos, afirmou ontem ao POPULAR que havia sido notificada por médicos da possibilidade de o filho apresentar rompimento da aorta e ter morte súbita. Ela, contudo, não quis dar mais declarações.

Apesar da aparente aceitação da família com a fatalidade, o caso será investigado pela Polícia Civil. Ontem, a ocorrência policial foi transferida do 14º DP para a Delegacia de Senador Canedo. O delegado Washington Luís da Conceição, titular do 14º DP, afiançou que as equipes não vão medir esforços para verificar o que de fato ocorreu durante o ritual.

Fernando Henrique começou a participar dos ritos espirituais em 2006. O coordenador da Instituição Xamãnica Céu da Fraternidade Universal, localizada em Goiânia, Marcelo Henrique Ribeiro Borges, diz que quando se ingressou na entidade Fernando Henrique, ainda adolescente, era dependente químico.

As reuniões, conforme disse, teriam sido benéficas ao garoto. “Ele conseguiu abandonar as drogas e tinha muita satisfação em participar dos encontros.” Nestes quase quatro anos, conforme disse, Fernando Henrique participou de ritos na capital, em outras cidades do interior e na matriz da instituição, em Pariquera Açu (SP). Em todas elas, conforme Marcelo Borges, o rapaz teria tomado a ayahauasca.

Marcelo Borges informou que o encontro espiritual no Céu de Krishna teve início às 21 horas de sábado. O evento era aberto e contou com a participação de 51 pessoas, além de 18 coordenadores.

Inicialmente foi feita uma palestra e, por volta das 2 horas de domingo, servido para cada visitante dois copos com a bebida, de 50 mililitros cada. Cerca de uma hora e meia depois, foi oferecido o terceiro cálice.

Fernando Henrique, segundo o coordenador, começou a passar mal por volta das 4h30. Ele reclamou de cansaço e fraqueza e respirava com dificuldade.

Cerca de uma hora depois, dormiu em um colchonete. Marcelo Borges disse que o jovem acordou por volta das 6h30, sem apresentar sinais. Meia hora depois, desfaleceu em seus braços. O rapaz foi levado para o pronto-socorro de Senador Canedo, onde foi constatada a morte.”

Até aqui são as informações sobre o falecimento do rapaz, a questão é mais profunda e é de extrema importância que todos os consagrantes de ayahuaska se coloquem mais a par do acontecido, já que a mídia não diferencia os trabalhos e a maneira diferente de aplicar ayahuaska em cada instituto,igreja ou templo.

Este caso aconteceu dentro de uma igreja irmã do Céu Nossa Senhora da Conceição, criada pelo Sr. Emiliano conhecido como Gideon dos Lakotas. Gideon é uma figura polemica dentro do universo ayahuaskeiro, famoso por sua jornada anti-cefluris instituição fundada por Sebastião mota de melo- o padrinho Sebastião. Basta entrar no site do Céu nossa senhora da conceição, e já damos de cara com um vídeo sobre cefluris e o uso sacramental da canabis, batizada como santa Maria pelos adeptos do santo Daime. Esta cruzada gideonica rendeu infindáveis discussões acaloradas e violentas em todo universo virtual que trata do assunto daime-vegetal-ayahuaska;

O instituto fundado por Gideon cresceu velozmente por distribuir gratuitamente mudas de chacrona e mariri, e para aqueles que se filiassem ao centro, distribuição de chá e documentos para legalizar o “ponto de luz”.

Sua base de arrecadação estão nos rituais a preços fixos e acessíveis (Gideon tem o projeto futuro de daime a R$1,00, acusando os centros de lucratividade e comercio com o chá) cursos de padrinho-madrinha, onde as pessoas interessadas em abrir uma igreja fazem um mergulho xamânico de vários dias de consagração de ayahuaska e monodieta de macaxeira sem sal, começou-se a abrir inúmeros centros espirituais ligados ao Gideon, sítios, chácaras ou mesmo apartamentos, onde as pessoas consagravam o chá buscando a cura para diversos males, principalmente com o foco voltado a usuários de substancias entorpecentes.

Enquanto as igrejas gideonicas iam sendo abertas o ataque a linha daimista - cefluris continuou ocorrendo, esta é uma guerra aberta dentro do universo oaskeiro e ambas as instituições são mal vistas pelas grandes escolas ditas oficiais que são elas UDV, Barquinha e Alto Santo (a instituição fundada por Raimundo Irineu Serra).

Cefluris -Centro Eclético de Fluente Luz Universal Raimundo Irineu Serra, tem uma postura expansionista, com igrejas abertas, não apenas no Brasil, mas internacionalmente, possui em seu rito a consagração de “santa Maria”(maconha) o que rende criticas duras por parte das outras instituições, é acusada de turismo espiritual com ayahuaska, quando então recebem inúmeros visitantes estrangeiros no céu de mapiá a sede da instituição e cobrando taxas consideradas abusivas, foi esta linha espiritual a responsável pelo termo “céu” para as igrejas, termo que gideon faz questão de usar para suas igrejas filiadas, e foi dentro de um céu de santo daime que Gideon bebeu pela primeira vez. De fato foi por esta corrente daimista (cefluris) e seu modelo de expansão que possibilitou que mais pessoas pudessem conhecer ayahuaska sem a necessidade de se deslocar até a floresta, mas também é verdade que o Cefluris trouxe uma serie de polemicas ao mundo oaskeiro, quando também aconteceram duas mortes dentro da instituição e pelo uso ritualístico da canabis sativa.

Entre as varias acusações ligadas ao Gideon existe a morte ainda não esclarecida da própria esposa que tinha um gordo seguro de vida, e a utilização de outras substancias no preparo de seu chá, como a utilização de guano (fezes de morcego) e trombeteira (datura), o chá do instituto Gideonico tem um comportamento único, como ele mesmo costuma dizer “um coice de mula preta”, e a aplicação do chá muitas vezes excedente.

O fato que assim como o Cefluris, Gideon tem um discurso expansivo e acredita que realização espiritual é ter a casa cheia de consagrantes, não medindo esforços para tanto, recentemente recebi a informação de que circulava pelas ruas de SP um carro de som convidando para sessões de cura espiritual com chá amazônico.

Este tipo de foco no trabalho só pode resultar em sérios problemas e escândalos, uma vez que as entrevistas e anamnesi dos participantes é prejudicada e os cuidados ficam a desejar. Sou a favor da expansão da Ayahuaska, mas com responsabilidade e zelo para que possamos prosseguir neste trabalho de expansão e elevação da consciência. Agora a mídia tece comentários parciais e nossos amigos e familiares continuam recebendo a informação distorcida do que é a medicina sagrada e seus efeitos, é a manipulação em busca do ibope e do sensacionalismo.

Gostaria de ressaltar primeiro que o estudante falecido teve benefícios importantes com ayahuaska, trazendo-lhe a libertação do uso de substancias nocivas, recordar que a família não se pronunciou negativamente ou associando a morte do rapaz com ayahuaska, o rapaz vinha consagrando o daime há quatro anos sem prejuízo. Mas fica para a reflexão questões como quantidade e qualidade do chá, o anseio em oferecer uma experiência forte, intensa faz com que os “feitores” de chá acabem alterando a formulação simples de cipó+mariri em busca de um chá mais potente, doses excessivas de chás muito apurados, tudo o que contradiria um caminho espiritual serio em que devemos trabalhar o nosso apego as sensações.

O rapaz pode ter morrido decorrente a síndrome que lhe acompanhava desde a infância realmente, mas ainda existe a possibilidade de sobre-dose e a mistura que é feita na panela com outros elementos potencialmente de risco, o chá também poderia estar desequilibrado na chacrona(excesso de folha) e o trabalho pode ter sido muito longo, fatos como este maculam a imagem dos consagradores e da bebida sagrada, todos os trabalhos estão suscetíveis a este tipo de evento triste, não é a primeira vez que isto acontece, e se pensarmos bem, quantas pessoas morrem por causa da “inofensiva” cervejinha?mas isto não dá ibope, ainda mais agora que ayahuaska vai passando por reavaliação e pelo pedido de tombamento como patrimônio cultural, esperamos que possa reinar no universo oaskeiro, paz e responsabilidade, principalmente entre os que distribuem chá, assumindo a maturidade que se pede ao disponibilizar a medicina ao publico.

Este texto esta sendo enviado com o intuito de manter a todos informados sobre os acontecimentos, cientes destes pormenores que envolvem estas linhas espirituais em atrito, e para que possam responder a altura a possíveis questionamentos.

Que a Luz de Deus a todos doe compreensão e discernimento!

Vida plena!!!

Fonte: http://caminhosdoxama.blogspot.com

Nenhum comentário:

Ocorreu um erro neste gadget

AmazingCounters.com
Overtons Marine Supply