terça-feira, agosto 11, 2009

ONDE VOCÊ ESTÁ AGORA?


Eu não estou aqui,
Eu estou em todo lugar
E em lugar nenhum
E mesmo assim não deixo de existir.

Eu estou refletido no olhar de um índio
Que da praia observa
Uma frota de caravelas surgindo no horizonte.

Não tente compreender,
Entenda!
Nas infinitas dimensões da mente
Onde nos fazemos presentes,
Calam-se as palavras,
Experiências são sentidas
Não podem ser descritas
Nem cabem nas palavras,
Por isso, tudo é dito;
E o mistério é revelado
E tudo faz todo sentido.

Guarda a tua pergunta
E perceba:
A vida não se faz dúvida,
Justamente por ser óbvia.
Existe algo
No olhar do índio que prova sem ter provas,
Que estamos todos dormindo,
Mesmo estando acordados;
E a consciência de quem somos
Surge no horizonte
Como oposto vestido
Como destino velado,
Pois a vida é um pensamento fluindo
Nos olhos do índio
Que está sonhando
Que sou eu onde estou agora;
Que é você,
Onde você está agora?
Tem certeza que está mesmo aí?
Ou chegando na caravela?

Nenhum comentário:

Ocorreu um erro neste gadget

AmazingCounters.com
Overtons Marine Supply