quinta-feira, julho 30, 2009

UM ABRAÇO EM FELIPE



Sonhei que o Brasil voava até a Hungria para dar um beijo em Felipe de boa noite. O menino das pistas sorria e agradecia o carinho, dizendo: amo vocês também.

E o Brasil acordava feliz, abraçado, sabendo que ainda temos os nossos heróis. Pessoas que representam a alegria do nosso povo e a coragem em continuar; em vencer e perseverar.

Felipe é um menino do Brasil, que corre o mundo, balançando a nossa bandeira. Não sou muito fã da Fórmula Um, mas sou sempre aliado dos nossos esportistas e atletas que correm ao redor do planeta, às vezes, usando apenas um par de chinelas, pois o dinheiro é contado, o orçamento apertado e ao invés da champagne da comemoração, ficam apenas com a garrafa d'água, pois é o que o dinheiro consegue pagar.

Sim, enquanto viajava pelo mundo, cruzei com vários desses atletas pelos aeroportos dos quatro cantos da Terra, vestidos de Brasil, imigrando a nossa raça de conquistar medalhas, taças, prêmios e abraços, mesmo sem o devido investimento, mesmo sem a merecida condição.

Porém, é justamente nos solos que todos juram que nada pode ser plantado e colhido que florescem heróis, como os meninos do Volley, as gurias da ginástica olímpica, o garoto que recebe ajoelhado sua medalha de prata conquistado à nado e Felipe, sim, um dos meninos do Brasil, que ri à toa, que tem jeitinho brasileiro na fala, no sorriso e na força em vencer esse duelo com a morte, para continuar representando em vida, as cores do nosso Brasil.

Como diriam as baianas:

- Esse Felipe é mesmo "Massa"!

Nenhum comentário:

Ocorreu um erro neste gadget

AmazingCounters.com
Overtons Marine Supply