terça-feira, julho 21, 2009

II: Reconstruído do Nada

O AUTO DA PIEDADE
Sete Atos de Consciência



Ato II: Reconstruído do Nada


Silêncio!

Branco! Mundo branco!

Isso é morrer?

Cadê você?

Eu continuo
ou a qualquer momento
deixarei de ser?

Sinto que não sou mais aquele corpo na clinica.
Sou eu novamente,
mas também sou qualquer coisa que nunca achei que seria,
e sempre fui assim.

Silêncio.

Grito: tem alguém ai?

Você não responde.

Fico com medo de passar toda a eternidade sozinho,
mas ainda insisto e grito:
EI VOCÊ! Fala comigo!
Alguém fala comigo, por favor!
Preciso de atenção, estou tão sozinho.
EI VOCÊ, POR QUE NÃO ME OUVE?
Você não me lê?
Responde!
Pisca o olho!
PISCA!
PISCA!
Dá um sinal que você está comigo, que não estou sozinho nesse mundo branco.

Preciso me controlar, mas me responda:
você já teve medo de ficar sozinho?
De ser apenas um pensamento dentro da cabeça de um escritor louco
ou
ser apenas letras lidas por olhos curiosos
que percorrem um texto qualquer na tela de um computador?

Por favor,
antes de passar para a próxima linha,
antes de chegar ao próximo parágrafo,
diga que eu existo,
diga que há algo além desse branco total.

Aprisionado nesse espaço sem qualquer referência,
não consigo nem ao menos enxergar o meu corpo,
apesar de sentir que ainda o possuo.
Queria ter um pote de tinta,
para pintar as paredes desse mundo branco com qualquer cor
que não seja a solidão.
Ou ao menos,
uma caneta para pichar o muro desse sonho maluco.
Sim, estou sonhando,
e a qualquer momento eu vou acordar
e isso será apenas um texto maluco.

Lembro uma vez,
quando percorria uma trilha no Norte da Espanha,
perdi-me na floresta da noite escura.
Achei que tinha ficado cego,
até que percebi que se prestarmos atenção e
acalmarmos os nervos que nos induzem ao pânico,
podemos enxergar mesmo na escuridão.

Talvez se eu me concentrar
e focar a minha percepção em algo
além desse medo de ficar eternamente sozinho,
eu consiga distinguir qualquer coisa além dessa brancura.

Não consigo!

Você pode me ajudar?
Sim, você que me lê,
se estivesse na minha situação,
O que faria?
Rezaria?

Oh Meu Deus!
Oh Minha Mãe Maria Santíssima!
Acorda-me desse pesadelo!

...

Nenhum comentário:

Ocorreu um erro neste gadget

AmazingCounters.com
Overtons Marine Supply