terça-feira, maio 19, 2009

BANG BANG

Um menino no metrô brincava com uma arma de brinquedo.

- Pou! Pou! Bang! Bang! - ele gritava ao apontar sua arma para o idoso que lia, para a moça com um bebê no colo, para o deficiente que sorria, para os adolescentes que se beijavam.

A mãe sorria observando o filho, e eu fiquei ali pensando com os meus botões: brinquedo inocente ou futuro vislumbrado.

Nenhum comentário:

Ocorreu um erro neste gadget

AmazingCounters.com
Overtons Marine Supply