sexta-feira, abril 03, 2009

O Nirvana de Cada um

Certo dia, Buda despertou do seu sonho de Nirvana e percebeu que os Deuses estavam sonhando e sonhavam seres lindos que eles chamaram de humanidade e de sua boca, naturalmente, começaram a sair versos de um poema infinito que lembrava o sonho Divino e falava sobre o Universo sendo criado por um suspiro e se expandindo virando galáxias, explodindo em estrelas, formando planetas, explodindo em natureza e na luz dos Deuses sonhando que eram homens.

A poesia fluía e no inicio só quem o ouvia eram os animais e os seres elementais, pois os homens estavam muito ocupados para entender que a poesia é a maneira dos Deuses dizerem que estão na terra em cada pessoa; porém, logo apareceu o primeiro homem atraído pelo brilho de Buda, que parou a sua jornada pelas terras bharatas da vida e o passou a escutar aquele homem magro, quase esquelético, mas cujo brilho saia de cada poro.

Buda não percebeu o homem, nem os pássaros ou os elementais vestidos de mato; ele continuava enxergando além do mundo desse sonho, vendo a formação dos mais diversos planos e decodificando o que percebia em palavras; o homem que a tudo escutava, foi escrevendo o que ouvia, mas embora nem tudo entendesse, foi colocando o que não entendia, e mesclando com as suas próprias palavras e dizendo que eram as palavras de Buda.

Buda fluía palavras e contava, e dizia, o que ouvia da sintonia que tinha com os mais altos planos celestiais e o homem chamou outros homens e disse que ele era intermediário, discípulo, aprendiz daquele homem santo e se o povo que começava a se juntar seguisse o que ele e o homem santo diziam e mandavam, eles também seriam escolhidos e Buda se tornariam.

Buda que tornou-se o Iluminado sozinho não estava preocupado em fundar mais um “ismo”; nem se os homens compreenderiam isso ou aquilo, ele apenas recitou a poesia da alma, que não passava de um sonho divino, mas era um sonho dos mais bonitos.

Um comentário:

Nadedja (: disse...

Sem se preocupar em fundar mais um 'ismo', veio o budismo. Buda era um mestre. Muito bom o texto.
Abraço (:

Ocorreu um erro neste gadget

AmazingCounters.com
Overtons Marine Supply