quarta-feira, abril 22, 2009

Bailarina das Flores

Auri explode em cores
Falo com ela
Ela não me ouve

Está ocupada
Escutando a música das esferas
Que toca em sua cabeça
Que vibra pelo ar

E ela não consegue resistir
Ela só quer dançar

Mil piriuetas, lá vai minha Auri
A rodar
Rodopiar, rodopiar

Voa, anda, dança com primor
Dança, dança Auri Beija-flor
No seu olhar: só amor, só amor

Ela agora quer cantar
Quer compartilhar
A música que toca sem parar
E ela precisa canalizar

Vocalizar

E canta,

Espera audiência
A audiência não há

Não tem problema

Ela canta para as plantas
Para os seres que estão no ar
Para a cachoeira que limpa
Para o amado, que a observa a distância

O amado que a olha
E sente orgulho
Pois não há outra pessoa nesse mundo
Que ele deseje mais amar

Um comentário:

Mulher,Temporina,Antiga disse...

adorei o blog, os escritos!!!!!!!
quero o seu livro!
bjssssssssss
maitê

Ocorreu um erro neste gadget

AmazingCounters.com
Overtons Marine Supply