terça-feira, março 17, 2009

SEM DOR

" Quando Eve estava para nascer, eu avisei aos médicos que não queria cesária; queria que fosse parto normal e que eles não me dessem nenhum remédio, pois minha filha nasceria sem dor - disse Caasi, embalando a pequena Eve em seus braços.

Todos achavam que seria impossível, mas não se atreveram a me contrariar: incrível, como todos morrem de medo de um ataque de nervos de um mulher no pré-parto. Porém, se eles estavam nervosos, eu estava calma, afinal, era o dia mais feliz da minha vida e tudo o que eu queria era provar para mim mesmo que eu conseguiria "esculpir" minha pequena filha com alegria ao invés de trazê-la para esse mundo ouvindo como primeiro som, os meus gritos de dor.

Quando chegou o momento de Eve chegar, senti as contrações, mas talvez por estar envolvida em uma graça tão Divina por ter a capacidade de dar a luz a vida; meu bebê nasceu suavemente; chorando, pois essa é a linguagem dos bebês até aprenderem a sorrir; mas ela não ouviu um grito de dor da sua mãe, apenas deve ter percebido as lágrimas que caiam do meu rosto, e ela deve saber, lá no fundo, onde a sua alminha que sabe tudo se confunde com sua nova roupagem para esse mundo, que sua mãe chorava de felicidade.

No hebraico, a expressão "com dor" possui o mesmo significado de "esculpir"; eu sou o a prova viva, mulheres, é possivel dar a luz sem dor! "

Nenhum comentário:

Ocorreu um erro neste gadget

AmazingCounters.com
Overtons Marine Supply