sexta-feira, fevereiro 20, 2009

Promessas e Asas

Meu amor partiu em busca do seu tesouro e eu fiquei vendo-a partir, embarcando pelo portal que dá acesso a outros países, eu queria ir, mas essa é a Crônica da Auri.

Enquanto esperava na fila com ela, calei as minhas expectativas que um dia estivessemos nós dois a caminho da ilha e prestei atenção nela: como estava linda.

A última vez que a vi tão nervosa e tão feliz foi no dia do nosso casamento. Ela simplesmente transbordava luz, confesso que nunca a vi tão cintilante.

Estranhamente, parei de pensar em mim, no meu desejo de ir embora para a Inglaterra e mergulhei no brilho dela e comecei a sorrir...

Dez anos se passaram desde que trocamos votos de união, quando eu ofereci minhas asas a ela e ela prometeu me amar enquanto em seu peito houvesse amor para dar.

Bom saber que esse amor não se esgotou.

Bom saber que fui capaz de emprestar as minhas próprias asas para que voasse o meu amor.

Nenhum comentário:

Ocorreu um erro neste gadget

AmazingCounters.com
Overtons Marine Supply