sábado, fevereiro 14, 2009

Anjo do Morte

Quando o Anjo da Morte é chamado, ele não volta aos céus de mãos vazias; dai tanta gente com medo do seu toque; sem se lembrar que a sombra da morte nos acompanha todos os dias.

Perder o medo da morte é aceitar os ciclos da vida como caminho natural de todos os seres. Aceitar que morrer é algo do qual nunca conseguiremos fugir, permite que o medo do desconhecido diminua e que possamos aceitar melhor as nossas perdas, sejam elas quais forem.

Quando o Anjo da Morte vier me buscar, peço aos Deuses, que eu esteja bem acordado e o receba com festa. Não quero partir, mas se esse o destino for, ao invés de lutar contra a corrente, vou me atirar ao mar. Não entendo quem reza aos céus para morrer dormindo; será medo da morte morrida ou descobrir depois de morto que morreu de vida nunca vivida?

Tem gente que corre tanto por toda a vida tentando encontrar a felicidade perdida. Essas pessoas não percebem que quanto mais eles correm, mais morrem depressa.

Se focarmos no presente, viveremos eternamente e isso não é truque da mente, é apenas uma verdade que a cada dia fica mais evidente.

Um comentário:

Anônimo disse...

anjo da morte e a coisa mais brutal k a.ha ha ha!!!

Ocorreu um erro neste gadget

AmazingCounters.com
Overtons Marine Supply