sábado, janeiro 10, 2009

Perdendo o Gosto

Tudo começa bem de mansinho; no beijo que perde o gosto, no toque antes ardente que parece agora incesto.

Os olhos que queríamos tão presentes, já não queremos mais perto. O travesseiro de orelhas tão querido, agora já não nos aquece mais.

Nada de mais aconteceu. Não houve traição, nem briga ou despejo. O seu coração está apenas cantando a canção do " amor que se vai".

Muitas canções falam de corações partidos, muitos poemas cantam os amores nunca vividos. Essa crônica é sobre o quente que ficou frio; sobre o amor que um dia foi e agora é nada mais.

Mas o que fazer quando isso acontece? Uns permanecem na proa dos infelizes mais ainda juntos, outros abandonam o navio ao primeiro sinal de um novo barco. Seja qual for a sua decisão, lembre que amar é inevitável e se é inevitável amar, não perca o seu tempo sendo infeliz com quem não te faz mais sorrir, com um relacionamento que não te faça cantar todos os dias a melodia da renovação do caminho do amor.

Nenhum comentário:

Ocorreu um erro neste gadget

AmazingCounters.com
Overtons Marine Supply