quinta-feira, dezembro 18, 2008

Uma Certa Escola do Ipiranga

Numa certa rua do Ipiranga

Há uma vela que permanece sempre acesa

Ela é um ponto de luz na grande São Paulo

Onde estudantes da vida, celebram

O saber, a música e a bem aventurança


Por ela corto o silêncio

Por ela eu verso e falo

Pois esse ponto de luz

É a minha escola do Ipiranga


Já percorri o mundo todo

Caminhei pelas grandes cidades sagradas

Meditei nos templos hindús da Índia

Firmei meu ponto no berço da Umbanda, na África



Todos esses lugares possuem

As belezas mais variadas

Mas nenhum deles me trouxe tesouros

Tão profundos

Quanto essa escola no Ipiranga



Escola do Professor amigo

Que não gosta da palavra Mestre

Pois mestrado faz bem para o ego

E professar faz fluir o amor celeste


E professsando ele faz surgir a esperança

Que todos os alunos se graduem

Para além do mundo do apego e da maia que engana

E lembrem sempre com carinho

Do Abc da espiritualidade

Que eles aprenderam

Nessa certa escola do Ipiranga


De um autor anônimo para um professor anônimo de uma escola anônima.
Ocorreu um erro neste gadget

AmazingCounters.com
Overtons Marine Supply