terça-feira, novembro 25, 2008

CLUBE DA BRIGA CONSIGO MESMO

Ele era da paz, vivia falando em amor, em conversa ao invés da guerra; mas uma hora explodiu e pegou-se de porrada consigo mesmo.

Acertou-se no olho, na boca; coisa maluca; quiseram levar ele para o Juqueri; ele prometeu se comportar; mas o que se passava ali?

Doutor de louco não explicava, nem doutor de gente sã saberia dizer como foi que naquela sexta-feira antes da noite molhar com sombras a cidade da garoa; ele voltou a brigar consigo mesmo, saindo na tapa com todas as coisas erradas que insistia em cultivar na alma.

Quem via a briga, não entendia por qual motivo, aquele jovem paraibano apanhava tanto de si mesmo. Ninguém conseguia mesmo compreender quem estava ganhando, nem quem estava perdendo, afinal nessas brigas de self com self, ninguém deve mesmo meter a colher.

A luta durou até que ele pedir arrego a si mesmo.

Nada ainda mudou de fato, mas ele já está ficando bom nessas brigas com a sua sombra e hora dessas, acerta uma direita nela de tal forma que ou ela se ajeita ou desiste da briga de uma vez por todas.
Ocorreu um erro neste gadget

AmazingCounters.com
Overtons Marine Supply