terça-feira, setembro 09, 2008

O DESTINO DE TODAS AS ESTRADAS

Faz algum tempo que descobri que encontrar o Divino é não procurar; pois é na essência do apenas ser, que o Todo no homem está.

Passei muito tempo buscando, tentando encontrar; ocupado, olhei para todos os cantos e nem vi Deus passar.

Passei a aurora e o crepúsculo, procurando compreender o tempo e o espaço; fiquei muito tempo lá fora no escuro, quando aqui dentro tudo estava tão claro.

Como pode caber tanto espaço dentro da gente? Vejo o Himalaia, oceanos, milhares de pessoas e ainda há espaço de sobra para caber a Via Láctea. Qual será mesmo o tamanho da alma?

Ironia do criador ou ignorância humana? Criamos caminhos, peregrinações, jornadas. Escrevemos Bíblias, Torás, Alcorões, testamentos, Mahabarata; e esquecemos de lembrar a nós mesmos que é dentro, o destino de todas as estradas.

Nenhum comentário:

Ocorreu um erro neste gadget

AmazingCounters.com
Overtons Marine Supply